DIÁSPORA

EUA | Histórias por Contar: as festas do Espírito Santo da Califórnia em documentário universitário 

1.4kviews

O Vale Central de São Joaquim, na Califórnia, tem sido o lar de uma grande comunidade de imigrantes que, ao longo dos últimos 150 anos, fizeram o seu caminho desde as ilhas dos Açores, no Atlântico Norte, até ao nosso fértil Vale Central.  Aqui, na Califórnia, estes imigrantes e os seus descendentes continuaram com as suas tradições e a sua cultura popular, incorporando elementos do sonho americano nas celebrações trazidas pelas várias vagas de imigração e os seus descendentes.

O Portuguese Beyond Borders Institute (PBBI) vai estrear o seu novo documentário baseado na coleção de histórias orais que esta universidade tem conseguido sobre as vivências açorianas no vale de São Joaquim, durante um evento na biblioteca da universidade pelas 17h00 da terça-feira, 26 de setembro.  O evento é gratuito e aberto ao público.

“Histórias por Contar: A Festa Portuguesa no Centro da Califórnia” é um breve documentário sobre as celebrações religiosas e culturais que, em muitas cidades deste vale, onde se produz mais de 3 mil milhões de dólares de produtos agrícolas, tornaram-se símbolos de identidade, manifestações culturais da açorianidade, solidariedade, criando laços sociais entre as várias gerações de açorianos e açor-descendentes e criadoras de pontes com outras etnias e culturas. 

“Esta ideia de que temos uma responsabilidade para com o nosso semelhante, independentemente da ideologia de cada um, é a base da Festa do Espírito Santo aqui no centro da Califórnia”, explicou Diniz Borges, diretor da PBBI. 

O documentário destaca os elementos de uma festa típica e como, através de uma forte aliança entre tradição e inovação, estas festividades que começaram em Portugal na época medieval, e continuam com uma forte pujança nos Açores, persistem com uma forte presença no século XXI em mais de meia centena de cidades da Califórnia.  “É uma forma de os portugueses, quase todos açorianos, expressarem quem são e partilharem os seus conceitos culturais com os outros membros do multiculturalismo açoriano.”

Este é o segundo documentário de história oral da série “Histórias por Contar” produzido numa colaboração entre a PBBI e os professores e alunos do Departamento de Media, Comunicação e Jornalismo da mesma universidade.   O primeiro, “Histórias por Contar: Os portugueses no corredor da autoestrada 99” realizado pelos professores Diniz Borges, Candice Egan, Kelley McCoy e a aluna Savanna Torres, foi lançado em 2021. nesse mesmo ano, foi galardoado com um prémio de prata do Telly Awards. 

Durante esta estreia, estarão disponíveis livros do núcleo editorial da PBBI, Bruma Publications, incluindo “Contos Populares Portugueses da Califórnia”, de Manuel da Casta Fontes e “Into the Azorean Sea – Bilingual Anthology of Azorean Poetry”, antologia traduzida e organizada por Diniz Borges, assim como livros em tradução de Álamo Oliveira e Ângela Almeida.  

O PBBI faz parte de três faculdades, a de Artes e Humanidades, a de Agricultura e Ciências Tecnológicas e a de Ciências Sociais. O Instituto tem tido o apoio da universidade, particularmente do Presidente Saúl Jimenez-Sandoval, que é fluente em português, assim como da comunidade portuguesa, através de um evento de angariação de fundos que se realiza em outubro de cada ano, da Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento (FLAD) e do Governo dos Açores. O evento contará ainda com a apresentação ao público do programa da quadragésima-sétima edição do congresso anual da Luso-American Education Foundation, que este instituto organiza pelo quarto ano consecutivo, entre os dias 27 e 30 de setembro, em formato digital.  

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.