XTB

UE | Parlamento pede à NATO para convidar a Ucrânia para aderir à Aliança

579views


Os eurodeputados apelam aos países da NATO para que honrem o seu compromisso com a Ucrânia e tomem medidas para o país ser convidado a aderir à Aliança Atlântica.


Numa resolução, aprovada esta quinta-feira com 425 votos a favor, 38 contra e 42 abstenções, os eurodeputados referem esperar que o «processo de adesão comece depois do fim da guerra e e seja concluído o mais rapidamente possível».

Até que a adesão plena se concretize, a UE e os seus Estados-Membros, juntamente com os aliados da NATO, devem trabalhar em estreita colaboração com a Ucrânia para desenvolver um quadro temporário para garantias de segurança, que deverá ser implementado imediatamente após a guerra, defendem os eurodeputados. O Parlamento salienta que a integração da Ucrânia na NATO e na UE reforçaria a segurança regional e mundial, bem como os laços entre a Ucrânia e a comunidade euro-atlântica.

Os eurodeputados condenam, com a maior veemência, a destruição pela Rússia da barragem de Kakhovka em 6 de junho, considerando que se trata de um crime de guerra. A destruição da barragem provocou grandes inundações e gerou uma catástrofe ambiental, bem como um ecocídio na Ucrânia.

Todos os responsáveis por crimes de guerra, incluindo a destruição da barragem, serão responsabilizados de acordo com o direito internacional, acrescentam os eurodeputados.

O Parlamento defende ainda um pacote abrangente e adequado de recuperação da UE para a Ucrânia, que deverá centrar-se na ajuda de emergência, na reconstrução e na recuperação imediatas, a médio e a longo prazo do país. Os eurodeputados aguardam com expectativa a futura revisão proposta pela Comissão Europeia do atual Quadro Financeiro Plurianual e do Mecanismo de Reconstrução da Ucrânia proposto, que cobrirá o financiamento das necessidades de reconstrução ucranianas nos próximos anos.

Os eurodeputados salientam a importância de relacionar a reconstrução da Ucrânia com os preparativos para a adesão à UE e às reformas internas em curso, sublinhando simultaneamente que a reconstrução das infraestruturas danificadas e da capacidade industrial deve estar em conformidade com o princípio de «reconstruir melhor» e com o Pacto Ecológico Europeu. Tal ajudaria a transformar o país num Estado-providência europeu moderno, sem emissões de carbono e numa economia de mercado moderna.

O Parlamento reitera o seu apoio à decisão do Conselho Europeu de conceder à Ucrânia o estatuto de país candidato à UE. Os eurodeputados dizem ter esperança numa recomendação positiva da Comissão Europeia, uma vez que a Ucrânia concluiu com êxito os sete passos estabelecidos no parecer da Comissão. Pedem um caminho claro para o início das negações à adesão, que, com o apoio suficiente, poderão começar já este ano.

PE/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.