AGENDA

TERCEIRA | Agenda. Álbum “Duas Violas, Uma Tradição” apresentado em Angra do Heroísmo

799views

No seguimento da 10ª edição do Festival “Violas do Atlântico”, que contou com a presença das Violas de 12 e 15 Cordas dos Açores, surgiu o álbum “Duas Violas, Uma Tradição”. Este trabalho discográfico, inovador pelo facto de juntar pela primeira vez e em exclusivo as duas Violas Açoriana, conta com a presença dos músicos Bruno Bettencourt, da ilha Terceira e Rafael Carvalho, da ilha de São Miguel.

“Duas Violas, Uma Tradição” conta com 10 faixas, preparadas por ambos os intervenientes e gravadas em 2022. Às modas tradicionais da ilha de São Miguel e da ilha Terceira, juntam-se 2 originais compostos precisamente para este disco. O ouvinte poderá experienciar momentos de diversidade neste disco: as Violas apresentam-se muitas vezes em “despique”, seja num “Pezinho” ou em “Os Bravos”, havendo outras situações em que, tocando em simultâneo, se vão complementando, alternando entre o solo e o acompanhamento, como na sua essência mais tradicional. Bruno Bettencourt empresta a sua voz a duas músicas: “Lundum Açoriano” e “Balho da Povoação”. 

Além de ser uma obra que espelha as virtudes da união musical, é também um documento e um contributo para o conhecimento da diversidade e riqueza das nossas Violas que permanecerá e estará disponível a todos os que se interessem pela Viola nos Açores, desde o “ouvinte comum”, até ao “mais erudito e académico”. Será ainda uma forma de procurar a construção de pontes de comunicação, cada vez maiores e mais coesas, entre os tocadores de Violas dos Açores. O álbum será agora apresentado em 3 concertos que contemplarão as ilhas Terceira, São Miguel e Pico.

A estreia acontecerá a 25 de Junho, Domingo, na ilha Terceira, integrada no programa das Sanjoaninas 2023. Assim, pelas 15h00, o Salão Nobre dos Paços do Concelho de Angra do Heroísmo, acolherá os dois músicos que irão mostrar e explicar, ao vivo, o conteúdo da obra em apresentação. O evento será de entrada livre e aberto a toda a comunidade.

O álbum é uma coprodução da Associação de Juventude Viola da Terra e da Sons do Terreiro – Associação Cultural, tendo contado com o apoio da Direcção Regional dos Assuntos Culturais e da Câmara Municipal de Angra do Heroísmo.

A captação das Violas, mistura e masterização estiveram a cargo de Luís Xavier, sendo a captação de vozes da responsabilidade de Pedro Machado. O design gráfico é de Paulo Bettencourt. 

As apresentações contam com o apoio do Governo dos Açores, nos eventos da Temporada de Violas da Terra 2023, e com o apoio logístico da Câmara Municipal de Angra do Heroísmo, Teatro Micaelense e Museu dos Baleeiros.

VTAJ/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.