ÚLTIMAS

REGIÃO | PSD. Graciosa a recuperar dos atrasos estruturais deixados pelos socialistas

625views


O Grupo Parlamentar do PSD/Açores enalteceu hoje a forma como a ilha Graciosa “está a recuperar dos atrasos estruturais deixados pelos socialistas, que parecem ter esquecido as suas responsabilidades e falhanços, em mais de duas décadas de governação”.
 
Para João Bruto da Costa, deputado eleito pela Graciosa e líder da bancada parlamentar social-democrata, “é lamentável que o PS esqueça as suas responsabilidades nos assuntos em que deixou a Graciosa a definhar, como reconhecem”, avançou.
 
“Só que agora quem está a definhar é o Partido Socialista, também na Graciosa”, disse o parlamentar, lembrando que a ilha “está a recuperar dos atrasos estruturais deixados pelo PS, dos inúmeros problemas por resolver nos transportes, no turismo, e em investimentos e manutenção de equipamentos há muito abandonados pelos socialistas”.
 
Bruto da Costa recorda que, “na questão da Aerogare, diz o PS que deixou a obra pronta, quando foram lançados dois concursos antes da pandemia, ambos desertos. Coube sim ao atual governo assumir a necessidade de aumentar consideravelmente o investimento para que uma obra, prometida ainda antes do incêndio de 2020, se tornasse finalmente uma realidade em execução”, afirmou.
 
Quanto às Termas do Carapacho, “é preciso o PS não ter mesmo memória, quando esquece o mal que já fizeram às Termas e à oferta termal na Graciosa, com obras mal executadas e equipamentos inadequados, que foram diretamente para o lixo após alguns meses de uso”, disse o social-democrata.
 
“O PS também esquece que deixou as Termas a necessitar de obras, que já foram executadas, e que vai ser lançado em breve o concurso para a sua exploração. Sim, um concurso, coisa que o PS não fazia, e que permitirá oferecer valências que são únicas nos Açores e diferenciadoras para o turismo na ilha Graciosa”, explicou João Bruto da Costa.
 
Acresce que também está em estudo “a requalificação de toda a zona envolvente às Termas, numa oferta na área da saúde e bem-estar, para que aquilo que o PS andou décadas a adiar aos graciosenses tenha execução com o atual governo de coligação”, acrescentou.
 
“E o Partido Socialista mente quando fala de mobilidade aérea”, disse também o líder parlamentar do PSD/Açores, frisando que, “em comparação com 2019, em 2023 prevê-se uma oferta de lugares em voos para a Graciosa superior em 20%, com mais de 68 mil lugares de oferta para viajar para esta ilha, sendo mais de 800% o aumento na oferta para São Miguel”.
 
“São 25 voos semanais na época alta, com melhores horários, melhores ligações, mais mobilidade. Na Graciosa, o PS tem de acordar do pesadelo em que ficou atormentado desde 2020, e parar de tentar enganar as pessoas”, criticou.
 
“Querem voltar ao passado, dizem os socialistas, mas esse era o passado em que pagávamos mais de 150 a 200 euros para ir a São Miguel. Não queremos voltar a esse passado”, reforçou o deputado.
 
“Quando o PS vem à Graciosa fazer jornadas sobre turismo e transportes deve valorizar-se o seu contributo para o turismo na deslocação e estadia na ilha que foi dentro da estada média”, considerou Bruto da Costa, “mas sobre transportes, o PS nem devia abrir a boca do quanto deixou a Graciosa ficar sempre para trás em todas as opções. Nós temos memória”, concluiu.
 

PSD/AÇORES/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.