ÚLTIMAS

REGIÃO | Chega. Aposta nas Filarmónicas é fundamental para garantir a sua sobrevivência

351views

As Filarmónicas são muito mais do que escolas de música, tendo um papel determinante na ocupação dos mais jovens, na divulgação da cultura da Região, e até mesmo na dinamização da comunidade. É com estes pressupostos em mente que o CHEGA manifesta a sua preocupação com a sobrevivência destes verdadeiros “conservatórios do povo” que são uma das partes fundamentais da cultura viva de uma Região.

Neste sentido, o deputado José Pacheco visitou hoje a Filarmónica Lira de São Roque, em São Miguel, para perceber as grandes preocupações desta instituição que conta actualmente com uma escola de música com seis jovens.

As verbas para manutenção dos instrumentos são poucas, sendo os próprios já ultrapassados, havendo também poucos apoios para adquirir instrumentos mais modernos, são as principais dificuldades com que se debate a Filarmónica Lira de São Roque, presidida por Luís Moura. Outra dificuldade prende-se com a necessidade de cativar mais jovens para darem, depois, continuidade à formação na própria banda.

Perante as dificuldades apresentadas, o deputado José Pacheco manifestou a importância de se manterem vivas as Filarmónicas na Região, até mesmo pelo carácter social que impõem numa comunidade. “A nossa cultura não pode morrer. Aquilo que temos de mais genuíno não pode desaparecer. Temos Filarmónicas, Grupos de Teatro, Grupos Folclóricos, que estão a passar por dificuldades e temos de tentar salvar aquilo que ainda conseguimos. O Governo não se pode esquecer destas grandes escolas de cidadania que tantos homens e mulheres formaram nas nossas ilhas”, referiu José Pacheco.

O deputado lembrou que “os apoios às Filarmónicas e a outras instituições devem ser dados consoante contra-partidas das próprias instituições, como forma de animação para o turismo, por exemplo”, explicou José Pacheco para quem esta seria uma forma de garantir trabalhos regulares às Filarmónicas, conseguindo-se incentivar também os músicos a continuar nas bandas.

CHEGA/AÇORES/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.