AGENDA

PICO | Terceira temporada de “Música no Forte” estreia dois projetos com raízes nos Açores

481views

Desde música clássica ao folk, produção açoriana contemporânea ao melhor dos palcos internacionais, é o “Música no Forte”. A associação MiratecArts, em parceria com o Município das Lajes do Pico, apresenta a terceira temporada de concertos no Forte de Santa Catarina, de 7 de julho a 11 de agosto.

Acompanhado pelo Vice-Presidente do Município, Manuel Pimentel, o diretor artístico da MiratecArts, Terry Costa, apresentou o cartaz da temporada de 2024. “Fãs regulares do programa já têm vindo a perguntar para quando a apresentação dos músicos convidados e, finalmente, chegou o dia, “admite Terry Costa. “Nunca tivemos tantos colaboradores da MiratecArts num palco, por isso estou muito orgulhoso dos nomes que aqui apresentamos.” 

Ao abrir o verão, o micaelense João Moniz, não só traz a sua banda como convida músicos da ilha montanha, a 7 de julho. No domingo seguinte, dois projetos oriundos da ilha Terceira, Coro Pactis e Wave Jazz Ensemble, juntam-se em palco para apresentar “Diz que é Fado”. Acabada de lançar o seu album “Estios e Tormentas“, Carmen Raposo pisa a ilha do Pico pela primeira vez. Da Espanha, o duo Caamaño&Ameixeiras, com violino e acordeão, encerram a temporada a 11 de agosto, enquanto que as datas a meio do verão são reservadas para a estreia mundial de dois projetos construídos de raíz nos Açores, o Marcos Fernandez Trio e FolkjadaMARCOS FERNANDEZ TRIO explora a música do mundo latino, gypsy-jazz e ainda composições originais do galego Marcos Fernandez, que faz a sua casa na ilha do Pico há já vários anos. Acompanhado pelo contrabaixista Nuno Mendes e o jovem guitarrista Bernardo Alves Macedo, o trio transporta a audiência por sons conhecidos de outras eras, por vezes irreconhecíveis nos seus arranjos.  FOLKJADA é um colectivo de músicos de diferentes proveniências, que nasceu da vontade de estabelecer um diálogo entre o Cancioneiro Tradicional dos Açores e a música erudita. Trata-se, por um lado, de um projecto cujo intuito assenta na difusão das raízes musicais açorianas, e, por outro, na articulação dessa herança inestimável com as vias mais especializadas da música. Em breve desvendamos os músicos do colectivo. 

A estreia destes dois novos projetos musicais açorianos tem o apoio adicional da Direção Regional da Cultura e da Fundação Inatel. 

Domingos, de 7 de julho a 11 de agosto, às 19h30, no Forte de Santa Catarina, nas Lajes do Pico, são “um lugar de excelência”, como diz Artur Xavier Soares, acrescentando “Música no Forte é já uma certeza!”

MIRATECARTS/RÁDIOILHÉU  

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.