XTB

XTB | Destaques da manhã nos mercados, 17 de Janeiro de 2024

FOTO | Henrique Tomé, analista da XTB;
239views

A sessão de ontem em Wall Street foi marcada por um recuo nos índices após os comentários de Waller da Reserva Federal, que alteraram as expectativas sobre os cortes dos juros em março.

Os índices asiáticos estiveram a ser negociados em terreno negativo esta madrugada, na sequência da publicação dos vários dados macroeconómicos sobre a economia chinesa. Os índices chineses entraram em sell-off após a publicação dos dados, com o índice Hang Seng a aproximar-se dos mínimos de novembro de 2022.

Economia Chinesa continua a dar sinais de abrandamento

A taxa de desemprego da China subiu para 5,1% em dezembro, em comparação com as previsões de 5%. As vendas a retalho aumentaram 7,4%, abaixo das expectativas que apontavam para um aumento de 8%.

O PIB do quarto trimestre da China cresceu 5,2%, abaixo dos 5,3% esperados. Em termos de variação trimestral, o PIB cresceu 1% face às previsões de 1,05%. A produção industrial da China aumentou 6,8%, ficando ligeiramente acima das previsões 6,6%

Os preços das casas novas na China caíram -0,4% vs. -0,2%. As exportações de produtos, excluindo petróleo, de Singapura caíram -2,8% m/m vs. -0,3% e o Baltic Dry Index caiu novamente após a semana mais fraca desde 2008 (1324 pontos agora vs 3200 pontos em dezembro de 2023).

Calendário económico

O dia de hoje será marcado pela publicação de dados sobre a economia americana. Os investidores ficarão a conhecer os dados das vendas a retalho e da produção industrial. Dada a recuperação do dólar nos últimos dias, se os dados programados para hoje saírem abaixo do esperado, o USD poderá voltar a ganhar força.

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.