ÚLTIMAS

SÃO MIGUEL | Mónica Seidi visitou zona afetada pelo mau tempo na Ribeira Quente

628views

A Secretária Regional da Saúde e Desporto, que detém a tutela da Proteção Civil, visitou na quinta-feira a Ribeira Quente, freguesia afetada pelo mau tempo.

Na sequência da derrocada que, esta semana, interrompeu a circulação no acesso à freguesia, a governante visitou o local acompanhada pelo Diretor Regional de Obras Públicas, Pedro Azevedo, e pelo Presidente da Proteção Civil e Bombeiros, Major Rui Andrade.

Mónica Seidi deixou um apelo para que se cumpram as normas estabelecidas para a circulação, “até pelos riscos que podem estar ainda associados, mas também para que os trabalhos de desobstrução da via continuem a acontecer com a maior normalidade possível neste momento”.

De momento “o importante é restabelecer a circulação e para isso é imperativo que se faça a desobstrução” e, atempadamente, surgirão outras diligências, sublinhou.

A Secretária Regional saudou o facto de não ter havido “vítimas mortais nem danos corporais em nenhum residente, turista ou trabalhador”.

“Quero aproveitar este momento para mais uma vez agradecer publicamente e reconhecer o trabalho das equipas que durante a madrugada não baixaram os braços e perante as condições atmosféricas adversas continuaram o seu trabalho” de desobstrução da via e para que a recuperação da energia elétrica fosse possível.

Mónica Seidi enalteceu igualmente o trabalho da Proteção Civil e o contato regular estabelecido com o gabinete de Proteção Civil do município da Povoação desde segunda-feira, “contato esse que se intensificou ao longo do dia de terça entre o Presidente da Câmara da Povoação, Junta de Freguesia da Ribeira Quente, o Presidente da Proteção Civil e Bombeiros e o Diretor Regional de Obras Públicas, que esteve a acompanhar e a dirigir os trabalhos”.

E concretizou: “Acho que é mais do que evidente que o Governo Regional respondeu adequadamente nas competências que lhe dizem respeito”.

A circulação rodoviária na estrada entre Furnas e Ribeira Quente está interrompida desde as 08h00 de hoje e as 12h00 de sábado, dia 10 de junho.

Esta decisão surge na sequência de aviso emitido pelo IPMA, com alerta amarelo para precipitação.

De acordo com as indicações técnicas do CIVISA e das verificações ‘in loco’ da Direção Regional de Obras Públicas, verifica-se atualmente um risco acrescido de ocorrências nas zonas fragilizadas na estrada de acesso à Ribeira Quente.

Dada a instabilidade de taludes e de todos os terrenos, bem como a existência de materiais total ou parcialmente soltos ou expostos (rochas, troncos, blocos de terra…), em virtude dos efeitos da depressão Óscar, perspetiva-se que fatores desencadeantes de menor intensidade possam causar eventuais novas ocorrências com muito maior facilidade.

Não obstante a interrupção da circulação, poderão transitar na estrada veículos destinados ao abastecimento regular de bens à Ribeira Quente, bem como veículos de serviço e segurança, embora condicionados às limitações operacionais impostas pelo acompanhamento das equipas que estarão em permanência no terreno.

GRA/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.