ÚLTIMAS

SÃO MIGUEL | Mais de 100 formandos no âmbito do PROSA.QUALIFICA com certificado de formação na área da hotelaria

© Governo dos Açores | Foto: SRJQPE
336views

A Secretária Regional da Juventude, Qualificação Profissional e Emprego entregou os certificados de formação profissional na área da hotelaria a mais de 100 formandos integrados no programa temporário de inserção socioprofissional PROSA.QUALIFICA.

Durante a cerimónia, no Centro de Qualificação dos Açores (antiga Escola Profissional de Capelas), Maria João Carreiro afirmou tratar-se de “um dia importante que marca o início de um trajeto que se espera profícuo, seja a nível pessoal e profissional, para mais de uma centena de pessoas que tinham alguma dificuldade em integrar o mercado de trabalho e que, através desta formação, veem reforçadas as suas competências”. 

 “Através do PROSA.QUALIFICA procuramos reforçar as competências destes adultos em áreas com necessidades de recrutamento, como é o caso da hotelaria, acelerando a sua integração no mercado de trabalho e criando oportunidades para que possam ter estabilidade profissional e melhorar as suas condições de vida”, explicou. 

O primeiro programa de formação no âmbito do PROSA.QUALIFICA, criado pelo XIII Governo dos Açores para reforçar e melhorar as qualificações e a empregabilidade dos açorianos integrados em medidas de inserção socioprofissional (programas ocupacionais), arrancou em fevereiro do ano passado. 

 Ao todo, foram constituídas 8 turmas presenciais, duas para cada um dos três cursos: Quartos e Andares (36 formandos), Manutenção Hoteleira (37 formandos) e Rececionista de Alojamento Local (35 formandos). Os planos de formação tiveram uma duração de 300 horas e abrangeram desempregados ocupados de todas as ilhas. 

 A seleção dos candidatos à formação teve em conta não só as suas habilitações, mas também as suas expetativas de ingressar no mercado de trabalho, aliando aquelas que são, de facto, as necessidades de recrutamento às suas competências e preferências. 

 “O nosso objetivo é dar a mão ao público com maior dificuldade em integrar o mercado de trabalho e fazer com que os programas ocupacionais possam, de facto, significar um acréscimo, isto é, uma mais-valia em termos de qualificações e de novas competências, com os efeitos positivos que daí decorrem para o seu emprego”, reiterou. 

 Estes formandos podem agora beneficiar das medidas de apoio à contratação, como o CONTRATAR Estável, e de medidas de apoio à procura ativa de emprego, como o PRO ATIVO, cujo apoio pode chegar até duas vezes o salário mínimo regional. 

 Na cerimónia de entrega dos certificados, além do Diretor Regional de Qualificação Profissional e Emprego, Nuno Gomes, participaram representantes das entidades promotoras dos projetos PROSA.QUALIFICA, aos quais a Secretária Regional, Maria João Carreiro, agradeceu o “contributo na dinamização de um programa que pode e deve fazer a diferença na vida profissional dos desempregados ocupados”, capacitando-os para os setores de atividade com necessidades de mão-de-obra. 

GRA/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.