ÚLTIMAS

SÃO MIGUEL | “Governos Regionais do PS investiram mais de 25 milhões de euros na Ribeira Quente”

586views

José Contente realçou, esta quarta-feira, que os Governos Regionais da responsabilidade do PS investiram mais de 25 milhões de euros na melhoria das condições de segurança, acessibilidade e qualidade de vida na freguesia da Ribeira Quente, na Povoação.

O deputado socialista reagiu assim às críticas apontadas pelo PSD/A, que acusam o Partido Socialista, infundadamente, de “promessas, disfarces, mentiras e descaramento”, relativamente à Ribeira Quente.

José Contente realçou que estas críticas “só podem surgir por “má consciência política”, talvez para “disfarçar a ausência de Bolieiro na última derrocada na estrada da Ribeira Quente”, ou mesmo “procurando fazer esquecer o tempo em tudo era fatalidade e nada se fazia”.

“Se hoje a freguesia da Ribeira Quente está mais segura, é graças aos grandes investimentos feitos durante os Governos Regionais sustentados pelo PS”, vincou.

O parlamentar do PS lembrou que os investimentos dos anteriores Governos Regionais sustentados pelo PS permitiram realizar “as obras no porto e heliporto da Ribeira Quente, que constituíram duas novas alternativa de socorro e segurança”.

Outros investimentos, recordou, permitiram “construir uma nova avenida marginal, construir uma nova ponte entre as margens da ribeira, um novo polidesportivo, um monumento às vítimas das derrocadas de 1997, reconstruir dezenas de habitações e um novo loteamento habitacional”, assim como “obras de contenção e reperfilamento do leito da ribeira e valas de encaminhamento de água para zonas de descarga e reparações da estrada”.

José Contente lamentou que a catástrofe que se abateu no dia 31 de outubro de 1997 sobre a Ribeira Quente “continue a servir de arma de arremesso político-partidário pelo PSD” e recordou os Governos Regionais do PSD têm um histórico de “investimento zero” naquela freguesia.

“Os Governos Regionais do PS realizaram as obras de contenção da falésia junto à praia e deram início ao processo de construção dos semi-túneis”, frisou.

José Contente sublinhou que os Governos Regionais da responsabilidade do PS, numa tentativa de garantir acessos alternativos à Ribeira Quente, “avançaram para um estudo de viabilidade de uma nova estrada e até equacionaram um acesso pelo Agrião”, realçando que estas soluções se vieram a revelar “pouco vantajosas pela falta de segurança e elevado custo”.

“O PS/Açores considera ser importante continuar as obras dos semi-túneis, bem como proceder a intervenções na cumeeira sobranceira à estrada, construindo valas de escoamento de água, para minimizar a hipótese de novos escorregamentos. Para além disso, deve ser colocada nas encostas nova vegetação de menor porte, com a finalidade de retenção do terreno, de modo idêntico ao que foi executado nos taludes de Água d’Alto”, apontou o deputado do GPPS, José Contente.

GPPS/AÇORES/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.