VÍDEOS | REPORTAGENS

SÃO JORGE | A arte de fazer ‘Chavões’, ‘Cartilhas’ e/ou ‘Ricutilhas’: José Nunes Cardoso um ilustre nesta nobre arte já quase perdida. (c/entrevista)

José Nunes Cardoso, um 'Mestre' na nobre arte de fazer 'Chavões', 'Cartilhas' e/ou 'Recutilhas', da Ilha de São Jorge.
1.6kviews

José Nunes Cardoso, nascido e criado na Vila do Topo, Ilha de São Jorge. Um mestre na arte de fazer ‘chavões’, ‘cartilhas’ ou como gosta de chamar-lhe ‘ricutilhas’.

Por norma são usados estes acessórios na confeção da espécie de São Jorge, e também, em bolos pelas mestras do Espírito Santo. Partilhou, neste vídeo em baixo, a sua experiência neste oficio que é necessária paciência e que serve de distração.

Já teve encomendas para vários sítios algumas já foram mesmo para América. José Nunes realça o trabalho desta nobre arte já, por vezes, perdida.

Divertido, alegre, José Nunes Cardoso, com histórias do campo e do mar, da terra e do sal revela-nos que um dos segredos para fazer-se estes trabalhos e “ter paciência” e também “ter gosto pelo que se está a fazer” algo que se aplica em tudo na vida.

Entrevista e Edição: Maurício de Jesus.
Música: Rafael Carvalho;

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.