REGIONAL

REGIÃO | BE diz que problema na obra do Mercado da Graça é história mal contada e exige esclarecimentos à autarquia

201views

O Bloco de Esquerda considera que a inexistência de projeto de segurança contra incêndios na obra de requalificação do Mercado da Graça é uma história muito mal contada, por isso, a deputada municipal, Avelina Ferreira, enviou um requerimento a pedir mais explicações e acesso a documentos.

A requalificação do mercado da Graça teve início em outubro de 2021, mas nove meses depois as obras foram suspensas, tendo a autarquia alegado a inexistência do projeto de segurança contra incêndios.

De acordo com a informação disponibilizada no site da autarquia, o projeto de segurança contra incêndios estaria a cargo de um engenheiro que é apresentado como membro da equipa técnica, especificamente para esta área.

Perante o anúncio da suspensão das obras até ao próximo mês de dezembro, a deputada municipal do Bloco de Esquerda assinala que os comerciantes do Mercado da Graça serão severamente prejudicados por este erro da autarquia, ficando obrigados a continuar a trabalhar, por longos meses, em instalações provisórias, no parque que estacionamento subterrâneo, em condições muito difíceis para os comerciantes e para os clientes, podendo levar, naturalmente, à redução da faturação por uma situação em que não têm qualquer responsabilidade.

O Bloco de Esquerda considera inaceitável que a obra tenha sido iniciada sem estarem reunidos todos os documentos técnicos necessários, e quer saber se os comerciantes serão compensados de alguma forma por este erro que não é da sua responsabilidade.

E esta é precisamente outra das perguntas presentes no requerimento: “De quem é a responsabilidade da ausência do projeto: da autarquia ou do engenheiro apresentado como responsável?”.

O Bloco quer também que a autarquia esclareça qual o novo prazo para a conclusão da obra e qual o custo adicional previsto decorrente da suspensão dos trabalhos e das alterações a efetuar.

BE/AÇORES/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o editor da Rádio Ilhéu.