REGIONAL

LAGOA | Investigação policial identifica família pelo crime de tráfico de estupefacientes

218views

A Divisão Policial de Ponta Delgada informa que a Brigada de Investigação Criminal – BIC, da Esquadra da Lagoa, no âmbito de uma investigação em curso dirigida pelo Ministério Público de Ponta Delgada, a BIC de Lagoa, identificou e constituiu duas mulheres, de 19 e de 43 anos, e um homem de 45 anos, como arguidos, com laços familiares, pela presumível coautoria de um crime de tráfico de estupefacientes.

Decorrente das diligências investigatórias concretizadas pelos investigadores da PSP, realizou-se uma operação policial no centro da Vila de Água de Pau, concelho de Lagoa, permitindo, desta forma, a apreensão de haxixe e de substância sintética, dinheiro e diversos utensílios relacionados com esta atividade ilícita.

Os três visados pela investigação foram constituídos arguidos e sujeitos a termo de identidade e residência, os quais estão fortemente indiciados na prática do crime de tráfico das novas substâncias psicoativas.

A Divisão Policial de Ponta Delgada adianta que os resultados da investigação assumem especial importância em virtude de se revelarem um importante contributo para o restabelecimento da ordem, segurança e tranquilidade pública na Vila de Água de Pau, do concelho de Lagoa.

CT/AÇORES/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o editor da Rádio Ilhéu.