SÃO JORGE

ATUALIDADE | São Jorge é a ilha com pior desempenho de rede móvel na Região

722views

O presidente da ANACOM, João Cadete de Matos, está desde segunda-feira nos Açores para apresentar aos autarcas de vários municípios os resultados dos estudos de qualidade de serviço das redes móveis da MEO, Nos e Vodafone feitos por esta Autoridade, e que avaliam a qualidade de serviço na ótica da experiência do utilizador. 

As reuniões vão decorrer até quarta-feira, e estão em causa sete estudos de qualidade de serviço, realizados em concelhos de S. Miguel, S. Jorge, Pico e Graciosa.

No concelho de Vila Franca do Campo e de Lagoa, em S. Miguel, a apresentação aos presidentes das câmaras municipais aconteceu a 10 de abril; bem como as apresentações dos resultados dos estudos feitos na ilha de S. Jorge que, neste caso, foram apresentados ao Conselho de Ilha.

Hoje, dia 11, estão agendadas reuniões com os presidentes da Câmara de Lages do Pico, da Madalena e de S. Roque do Pico; e no dia 12 de abril realiza-se a apresentação dos resultados do estudo realizado em Santa Cruz da Graciosa.

Em 2021, a ANACOM fez estudos de qualidade de serviço nas ilhas do Faial e Sta Maria.

No geral, os resultados obtidos nos Açores revelam bons desempenhos, tanto no serviço de voz como de dados, apesar de existir uma pequena percentagem de chamadas falhadas (ver tabela abaixo).

Em S. Jorge, a situação é um pouco diferente, sendo a ilha em que se registam piores desempenhos.

Nesta ilha, verificou-se uma qualidade de sinal inexistente, muito má e má, em 30,6% da amostra; e em 20% dos casos não foi possível estabelecer uma chamada ou conclui-la com sucesso.

Também no que respeita à internet, de acordo com os testes feitos com o NETmede, em 28% dos casos registaram-se anomalias.

Releve-se ainda que se existissem acordos de roaming nacional entre os operadores, a cobertura agregada, com mais qualidade, em S. Jorge, seria de 94%.

ANACOM/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.