AGENDA

ATUALIDADE | Agenda. Livro de Ficção Histórica Sobre o Explorador Bento de  Goes será lançado em Vila Franca do Campo

372views

Será lançado no dia 24 de Março (sexta-feira), o mais recente livro de Henrique  Levy: “Bento de Goes – Uma Longa Caminhada na Ásia Central”, com  apresentação de Daniel Gonçalves e Teresa Brandão Oliveira. 

O evento terá lugar no Centro Cultural de Vila Franca do Campo, na praça Bento  de Góis, às 18:00h, e contará com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Vila Franca do Campo, Ricardo Rodrigues. Segundo o autor, apesar de ter empreendido uma das maiores viagens alguma  vez realizada por via terrestre, Bento de Goes tem, injustamente, sido um dos  mais subvalorizados exploradores portugueses da época dos Descobrimentos. Como refere no prólogo, a dimensão ficcional da narrativa que se segue, apesar  de se focar num memorável período e em factos históricos, não deve ser  entendida como uma recriação histórica. Trata-se, antes, de uma ficção de época,  pois não se cinge unicamente a factos documentados. A trama, alicerce do  romance, não tem correspondência com a realidade da vida de Luís Gonçalves  nem com as peripécias das dificuldades da viagem que empreendeu, como Bento  de Goes. O enredo, apesar de ficcionado, assenta em alguns acontecimentos  historicamente documentados e no conjunto de eventos narrados numa  determinada dimensão espácio-temporal, aproximando-se, neste caso, do  conceito de história ou intriga, envolvendo factos imaginários, com o objectivo  de reforçar o discurso. 

Pretende-se, também, dar a conhecer a árdua vida dos camponeses e dos homens  do mar que povoaram os Açores, dificultada pela organização social da época e  pela frequência de violentos sismos, devastadores erupções vulcânicas e  tumultuosas tempestades.

Em 1562, em Vila Franca do Campo, nos Açores, nasce Luís Gonçalves. Cerca de  20 anos mais tarde, após ter sido destacado para a Índia como soldado,  abandonando uma vida boémia e licenciosa, Luís Gonçalves ingressa na  Companhia de Jesus, em Goa. Em 1588, toma o nome de Bento de Góis e opta  pela vida missionária em vez da ordem sacerdotal. Vestindo-se com trajes de  mercador, parte, em 1602, em busca do Cataio e de comunidades cristãs perdidas  na Ásia. Ingressa, primeiramente, numa caravana que o levará até Cabul e daí  parte em nova caravana, chegando a Sucheu, na China, em 1605. Torna-se no  primeiro europeu, em muitos séculos, a atravessar a Ásia Central e a chegar à  China pelo ocidente. 

Segundo Teresa Brandão Oliveira, com “Bento de Goes, uma longa caminhada  na Ásia Central”, «Henrique Levy presta uma justa homenagem ao enorme  explorador, mas faz mais do que isso: com recurso a uma arquitectura narrativa  magistral e entretecendo habilmente os fios da história com os fios da ficção, faz  renascer, através da voz múltipla de quatro narradoras, o quotidiano de Vila de  Franca do Campo de há 500 anos e enlaça, de forma sublime, pela voz de Luís  Gonçalves, a narrativa dos acontecimentos futuros, acrescentando, ao mosaico de  personagens e episódios de uma narrativa, o relato da odisseia de Bento de Góis». 

LL/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.