REGIONAL

ATUALIDADE | Açores são região que mais reduziu a pobreza apesar de “manipulação grosseira” do PS

95views

 Os grupos parlamentares que suportam o Governo Regional (PSD, CDS-PP e PPM) destacaram hoje que os Açores foram a região que mais reduziu a taxa de risco de pobreza ou exclusão após transferências sociais, tendo lamentado a “manipulação grosseira” feita pelo PS sobre o assunto.
 
“Entre 2020 e 2021, a taxa de risco de pobreza após transferências sociais aumentou 2% no país, enquanto nos Açores diminuiu 6,5%, de 28,5 para 21,9%. Trata-se de um dado muito positivo que ocorre em contraciclo com o agravamento registado a nível nacional”, afirmou a deputada do PSD/Açores Nídia Inácio.
 
A parlamentar social-democrata falava em conferência de imprensa, na Praia da Vitória, acompanhada pelos deputados Pedro Pinto (CDS-PP) e Guilhermina Silva (PSD), acerca dos dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) sobre o Inquérito às Condições de Vida e Rendimento.
 
Nídia Inácio salientou que a redução acentuada, nos Açores, da taxa de risco de pobreza ou exclusão após transferências sociais ocorre “numa altura em que este indicador piorou em todas as regiões do Continente”.
 
Isto é, “os Açores foram a região do país que mais reduziu a taxa de risco de pobreza ou exclusão após transferências sociais”, sublinhou.
 
Daí que não restam dúvidas que “são os apoios sociais deste Governo Regional que estão a reduzir a pobreza nos Açores, como atestam os dados do Instituto Nacional de Estatística”, destacou, elencando as medidas de apoio às famílias tomadas pelo Governo da Coligação.
 
Desde o Complemento Regional de Pensão, o chamado “cheque pequenino, passando pelo Complemento Açoriano ao Abono de Família, ao Complemento para Aquisição de Medicamentos pelos Idosos, o COMPAMID, às creches gratuitas para todas as famílias, independentemente dos seus rendimentos.
 
Nídia Inácio apontou o dedo ao PS pela “manipulação grosseira e despudorada” da informação estatística do INE, tendo destacado a verdadeira leitura dos dados: “Entre 2020 e 2021, assistiu-se a uma diminuição da taxa de privação material e social severa, de 13 para 8,7%. Ou seja, verificou-se uma redução muito acentuada da pobreza extrema nos Açores”.
 
“Os dados agora divulgados pelo INE demonstram que as políticas sociais implementadas pelo Governo da Coligação estão a surtir o efeito esperado e de forma consolidada”, asseverou a social-democrata.
 
A deputada do PSD/Açores considerou que a “manipulação grosseira” feita pelo PS sobre os dados do INE “revela, inequivocamente, aos açorianos o desespero de quem não aceitou os resultados das eleições”.
 
“Vasco Cordeiro e Andreia Cardoso manipulam grosseira e despudoradamente os números numa tentativa desesperada de fazer regressar a família socialista ao poder”, afirmou.
 
Daí que “não admira que a senhora deputada Andreia Cardoso tenha ocultado deliberadamente os dados mais importantes do inquérito do INE”, realçou a deputada do PSD/Açores eleita pela Terceira.
 
“Lamentamos a leitura desonesta que o Partido Socialista faz em relação ao Inquérito às Condições de Vida e Rendimento, principalmente quando a senhora deputada do PS Andreia Cardoso não tem qualquer autoridade para falar sobre a pobreza nos Açores”, apontou.
 
Até porque “não esquecemos que se trata de alguém que teve responsabilidades em três governos socialistas – primeiro como diretora regional e depois como secretária regional –, em que a taxa de pobreza era elevadíssima”, recordou a parlamentar.
 
“Os açorianos ainda não esqueceram que em 2007, Andreia Cardoso, enquanto diretora regional da Solidariedade e Segurança Social, chegou ao ponto de esbanjar 220 mil euros nas ‘Comemorações do 10.º aniversário do Rendimento Social de Inserção’”, acentuou Nídia Inácio.
 
E enquanto o combate à pobreza é assumido pelo Governo da Coligação com seriedade e empenho, “a deputada Andreia Cardoso usou os pobres e a pobreza para se promover numa candidatura a uma câmara municipal. Aliás, como era costume na escola deste velho PS”, lamentou.
 
“Enquanto o PS tenta enganar os açorianos, através de uma manipulação grosseira dos números, o Governo da Coligação está no terreno, implementando medidas para resolver a vida dos açorianos”, concluiu a deputada do PSD/Açores.
 

PSD/AÇORES/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o editor da Rádio Ilhéu.