ÚLTIMAS

ANGRA | Diocese mantém Seminário, com etapas conclusivas de formação a serem transferidas para o Porto

FOTO | Igreja Açores
442views

O bispo de Angra anunciou hoje que os candidatos ao sacerdócio na diocese vão fazer as duas etapas conclusivas da sua formação no Porto, continuando a ser acompanhados pelo Seminário Episcopal, que mantém a sua atividade nos Açores.

“O Seminário de Angra não acaba, pelo contrário, vive um momento em que procura de uma forma mais capacitada acompanhar todos os candidatos de todas as idades que queiram fazer estudos teológicos e serem sacerdotes na diocese”, disse D. Armando Esteves Domingues, em conferência de imprensa.

A Diocese do Porto tinha referido esta tarde, em comunicado, que “a partir do próximo ano académico de 2024/25, os primeiros alunos de Angra do Heroísmo passarão a realizar o seu processo formativo no Seminário Maior de Nossa Senhora da Conceição e a frequentar as aulas da Faculdade de Teologia”, após pedido de D. Armando Esteves Domingues ao bispo do Porto, D. Manuel Linda, que “consultou o Conselho Episcopal, o Conselho Presbiteral e os Vigários”, os quais aprovaram a decisão “por unanimidade”.

O bispo de Angra explicou que “durante muitos anos” tentaram que a diocese insular estabelecesse uma ligação à Universidade Católica Portuguesa, algo que nunca foi conseguido.

O responsável católico destacou que este é “um processo que dura há mais de 30 anos”, quando o então bispo de Angra, D. Aurélio Granada Escudeiro, “na década de 90, estudava a hipótese de os estudos serem feitos na Universidade Católica”.

“Agora, com uma reflexão que foi feita pelos sacerdotes com as comunidades, atendendo ao contexto do baixo número de vocações, o Conselho Presbiteral decidiu que o melhor para os jovens seminaristas era completar a sua formação numa comunidade maior, dando-lhes também a possibilidade de desenvolver a componente científica”, desenvolveu o bispo de Angra, realçando que, “durante três dias, foi o tema único do Conselho Presbiteral”.

O responsável diocesano acrescentou ainda que as votações decidiram que “os candidatos ao sacerdócio fossem encaminhados para uma universidade para completar estudos civis e canónicos” e fossem acolhidos numa estrutura de seminário, “como já aconteceu noutras dioceses”; a equipa formadora do Seminário Episcopal de Angra – dois sacerdotes e três leigos – foi mandatada para contactar o Seminário do Porto, com os jovens e respetivas famílias.

A Diocese de Angra explica que a partir do próximo ano letivo, duas das três etapas formativas dos candidatos ao sacerdócio vão ser completadas no Porto – no Seminário Maior de Nossa Senhora da Conceição e na Faculdade de Teologia da UCP.

O Seminário de Angra tem cinco alunos: um vai permanecer nos Açores a completar o ano pastoral, os restantes quatro vão continuar os seus estudos na Diocese do Porto – dois vão frequentar o ano zero, o ano propedêutico, e os outros dois vão continuar o Curso de Teologia.

Os seminaristas açorianos vão ser acompanhados pela equipa formadora açoriana, “promovendo o caminho de discernimento espiritual e vocacional destes candidatos ao sacerdócio, que não perderão o vínculo a finalização do processo de reconhecimento de equivalências com a diocese”.

Segundo a informação, publicada no sítio online diocesano ‘Igreja Açores’, “todos deverão regressar à diocese para fazer o ano pastoral e o ano de estágio”, antes de serem ordenados diáconos e sacerdotes

A Diocese do Porto refere também que os alunos de Angra vão juntar-se aos seus seminaristas, aos da Diocese de Vila Real, que já fazem a sua formação na cidade desde 1968, e aos da Diocese de Coimbra (desde 2013).

CB/OC/AE/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.