ÚLTIMAS

AÇORES | “São necessários mais recursos e maior coordenação para melhorar os cuidados de Saúde aos Açorianos”

240views


José Miguel Toste realçou, esta quarta-feira, que o Serviço Regional de Saúde precisa de “mais recursos e maior coordenação”, de forma a dar uma resposta de cuidados de Saúde “mais eficiente” aos Açorianos.

O deputado socialista falava após uma reunião dos parlamentares do PS com a Administração do Hospital do Santo Espírito da Ilha Terceira (HSEIT), no âmbito do conjunto de reuniões que o PS/Açores está a promover com unidades de Saúde e IPSS’s de toda a Região, na sequência das alterações que o incêndio do HDES veio trazer ao Serviço Regional de Saúde.

Todavia, sublinhou, o PS entende que a discussão sobre a Saúde deve “ser abrangente e não se limitar à questão do HDES”, porque “é importante olhar para este problema tendo em consideração a resposta dos restantes hospitais da Região, o HSEIT e o Hospital da Horta (HH) terão de dar”.

José Miguel Toste frisou que, no momento da tragédia, estas duas unidades hospitalares deram uma “resposta eficaz” e recordou que “agora é preciso lidar com a questão no longo prazo”, uma vez que já se sabe que o HDES terá “um longo período de recuperação” e que a resposta “terá de ser, em parte, assegurada pelo HSEIT e pelo HH”, que “já manifestaram a necessidade de mais recursos financeiros e humanos para conseguirem dar resposta à Região”.

“Por outro lado, hoje temos um HDES que se encontra espalhado pela ilha de São Miguel e isso traz custos adicionais”, acrescentou, destacando, ainda, o trabalho da delegação da Cruz Vermelha da ilha Terceira que “rapidamente projetou os seus recursos para poder retomar a resposta do HDES, em São Miguel”.

José Miguel Toste entende que a discussão do financiamento do SRS “volta a estar novamente em cima da mesa, não apenas do ponto de vista da sua atividade regular”, mas também “dos investimentos que é necessário fazer nas três unidades hospitalares”.

José Miguel Toste lembrou que as propostas de Plano e Orçamento para 2024 foram “feitas antes dos acontecimentos do HDES”, esclarecendo que o PS/Açores “continua a considerar que este Plano e Orçamento não servem a Região” e frisando que os documentos “devem ser alterados de forma a ter em conta o incêndio do HDES”.

“O que ocorreu no HDES modifica significativamente a prioridade de investimento nas infraestruturas de Saúde, em toda a Região. O PS/Açores já tinha evidenciado nos últimos meses o aumento do subfinanciamento dos hospitais e unidades de saúde, conforme atestam os prejuízos de 40 milhões de euros no final de 2023 e as dívidas a fornecedores da Saúde de 200 milhões. Temos demonstrado a nossa abertura ao diálogo, mas até ao momento o Governo Regional continua a omitir muita informação sobre o que aconteceu e sobre pretende fazer nos próximos tempos”, finalizou o deputado do PS, José Miguel Toste.

GPPS/AÇORES/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.