REGIONAL

AÇORES | Parlamento aprova criação de Programa de Prevenção e Combate ao Bullying

93views

 
O Parlamento açoriano aprovou ontem, por unanimidade, uma proposta de PSD e PPM para a criação do Programa Regional de Prevenção e Combate ao Bullying e ao Cyberbullying nas escolas da Região.
 
“São fenómenos com uma expressão significativa na nossa sociedade, particularmente em contexto escolar”, disse Rui Espínola, vice-presidente da bancada social-democrata, frisando a não existência “de dados quantitativos de situações de Bullying e Cyberbullying nos Açores, apesar da perceção generalizada da sua existência”, adiantou.
 
Um estudo do ISCTE refere que cerca de 60% dos jovens portugueses terão sido vítimas de Cyberbullying em 2020, durante os três meses em que durou o ensino à distância: “E os Açores não andarão fora dessa realidade”, referiu Rui Espínola.
 
O deputado salientou que tais práticas provocam reações negativas “como a baixa autoestima, a tristeza, o medo ou a insegurança, causando igualmente desinteresse escolar com perda de rendimento, ataques de pânico ou de ansiedade e até consumo de álcool ou drogas ilícitas”, afirmou.
 
E lembrou que, “mais de um quarto dos inquiridos – no estudo do ISCTE – assumiu ter praticado Bullying por diversão, vingança ou necessidade de afirmação, sendo que apenas 16% desses jovens sentiram culpa em relação à atitude de agressores”.
 
“Nove em cada dez jovens inquiridos admitem ter assistido a situações de Cyberbullying, embora mais de metade nada tenha feito em relação a essa situação”, explicou ainda o deputado do PSD/Açores.
 
O Programa Regional de Prevenção e Combate ao Bullying e Ciberbullying “deve assim responder a esta problemática, dotando os docentes e não docentes, alunos e encarregados de educação, dos mecanismos e ferramentas necessárias para debelar aquele problema social, acrescentou”.
 
Para Rui Espínola é também essencial produzir e divulgar conteúdos digitais “que sensibilizem os encarregados de educação e a comunidade em geral”, remetendo ao Parlamento “um relatório anual detalhado sobre todas as ações realizadas e o seu alcance junto da população escolar”, concluiu.
 
Face à iniciativa aprovada esta quarta feira, o Governo Regional vai agora promover estratégias de sensibilização, prevenção e intervenção em meio escolar, mediante o levantamento estatístico das situações de Bullying e Ciberbullying registadas em contexto escolar nos Açores.

PSD/AÇORES/RÁDIOILHÉU
 

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o editor da Rádio Ilhéu.