ÚLTIMAS

AÇORES | “Mais Educação, menos burocracia e melhor Inclusão”

252views

O Coordenador Regional do JPP, Carlos Furtado, reuniu com a Direção do Sindicato Democrático dos Professores dos Açores, tendo-se inteirado das preocupações que assolam os professores e o Sistema Educativo Regional.

A falta de docentes que já se faz sentir na Região e a previsão nada animadora para o futuro, deixam a certeza que há que intervir já na resolução deste problema.

O JPP corrobora a maior abertura de vagas em quadro de escola e a possibilidade de incentivos para fixação em ilhas com carência de docentes.

Os professores contratados são cada vez mais escassos, tendo alguns deles realizado substituições temporárias; pelo que não têm sequer estabilidade laboral ao longo do ano letivo, saltando de escola em escola.

Para tal, pretende o JPP que os contratos sejam anuais, podendo os professores (se assim o entenderem em concurso) trabalharem em mais que uma Unidade Orgânica (limítrofe) para que o seu horário seja completo e anual.

Entre muitas outras questões abordadas, fazemos nota da necessidade de mais investimento na digitalização da informação administrativa das nossas escolas. Para tal é também necessária a valorização das carreiras dos Assistentes técnicos das nossas escolas.

Numa Região onde os índices estatísticos de sucesso escolar não abonam nem são consentâneos com investimento realizado, pretende o JPP que seja no Pré-Escolar e no 1°Ciclo que se continue uma aposta clara e inequívoca no reforço de estímulos, aprendizagens diversificadas e projetos inovadores que realmente proporcionem melhorias.

De igual modo, no pré-escolar e 1° ciclo os tempos de atividades livres de cariz lúdico, expressivo e motor deve ser revisto, proporcionando mais horas de recreio e contacto com atividades físicas, não orientadas, colocando ao dispor dos alunos materiais desportivos, jogos e espaços aprazíveis para a exploração em grupo.

JPP/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.