ÚLTIMAS

AÇORES | Governo espera implementar projeto-piloto para rastreio do cancro do pulmão no primeiro trimestre de 2024

© Governo dos Açores
529views

A Secretária Regional da Saúde e Desporto, Mónica Seidi, anunciou, em debate na Assembleia Legislativa, o plano do Governo Regional dos Açores para iniciar a operacionalização no terreno do rastreio de cancro de pulmão, esperando que este arranque no primeiro trimestre de 2024.

Mónica Seidi saudou a iniciativa trazida a plenário pelo PAN – e que tem a concordância do Governo Regional por ser “uma medida efetivamente boa porque pode salvar vidas quando a deteção” acontece nos momentos iniciais da doença, “e que tem de ser operacionalizada cuidadosamente” para que funcione em pleno.

“Iremos começar pelas ilhas onde os equipamentos já existem, ou seja, nas ilhas com hospital, aproveitando a existência das TAC que permitem trabalhar com baixa dosagem, a que se seguirão as ilhas do Pico, São Jorge e Santa Maria”, declarou a governante.

A existência destes aparelhos “facilitará em muito a operacionalização do programa, que se quer que seja bom”, disse ainda Mónica Seidi.

O trabalho terá uma fase inicial na “definição da população alvo, para que os utentes sejam rastreados devidamente, com o trabalho de médicos, enfermeiros e técnicos de diagnóstico e terapêutica, numa estratégia concertada que poderá passar inclusivamente pela adaptação dos horários de funcionamento destes rastreios, de modo a não sobrecarregar ainda mais os serviços de imagiologia”, prosseguiu.

“Dar uma resposta positiva e merecer a confiança dos utentes” é o objetivo da Secretária da Saúde, neste ponto como noutros da governação da sua tutela.

No debate parlamentar, a governante lembrou que os Açores são a “única Região do país com os três rastreios a funcionar na sua totalidade e de forma muito satisfatória” – os rastreios referentes ao cancro da mama, do colo do útero e do cólon e reto, previstos no Programa Nacional de Doenças Oncológicas.

GRA/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.