XTB

XTB | Destaques da manhã nos mercados, 16 de Abril de 2024

FOTO | Henrique Tomé, analista da XTB;
352views

Os índices de Wall Street caíram ontem, devido ao aumento das tensões no Médio Oriente e aos receios de uma nova escalada entre Israel e Irão. O S&P 500 caiu 1,20%, o Dow Jones desceu 0,65%, o Nasdaq caiu 1,79% e o Russell 2000, de pequena capitalização, terminou em baixa de 1,40%.

Os índices da Ásia-Pacífico foram negociados em baixa, reagindo à fraca sessão de Wall Street. O Nikkei caiu 1,6%, o S&P/ASX 200 desceu 1,7%, o Kospi caiu 2,4% e o Nifty 50 desceu 0,3%. Os índices da China caíram 0,2-1,7%.

Mercados aguardam por novos desenvolvimentos vindos do Médio Oriente

Os mercados continuam a aguardar pela resposta israelita ao ataque iraniano do fim-de-semana. O Wall Street Journal noticiou que o ataque é iminente. O Irão alertou que responderia instantaneamente a um ataque de retaliação.

No entanto, o Ministro dos Negócios Estrangeiros iraniano disse ao seu homólogo chinês, durante uma chamada telefónica, que o seu país está disposto a exercer contenção e não tem intenção de agravar ainda mais a situação.

Calendário económico: Earnings em Wall Street

A geopolítica é o tema principal para os mercados neste momento, mas os resultados dos indicadores económicos também deverão trazer momentos de maior volatilidade ao mercado.

Durante esta sessão, os investidores vão estar atentos aos resultados dos estudos realizados pelo instituto alemão referentes a abril, bem como os dados sobre a inflação medida pelo IPC no Canadá para março. Para além disso, Jerome Powell irá discursar à tarde. Por último, mas não menos importante, os investidores vão estar atentos aos resultados trimestrais do Bank of America e Morgan Stanley que serão conhecidos hoje.

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.