REGIONAL

SÃO MIGUEL | Valorização do setor agrícola é prioridade política do XIII Governo dos Açores, lembra José Manuel Bolieiro

| Fotos: MM
225views

O Presidente do Governo Regional dos Açores, José Manuel Bolieiro, presidiu hoje à inauguração de dois caminhos agrícolas na ilha de São Miguel, lembrando que a valorização do setor agrícola, nas suas diferentes vertentes, é uma prioridade política do Executivo açoriano.

“Não se faz tudo com um estalar de dedos. Mas com um pensamento estratégico para intervir, na medida do que é possível ao investimento público, estamos a garantir sustentabilidade da nossa economia. É isto que me move para estes investimentos que aparentemente são parcelares, mas correspondem a uma ideia total para o nosso desenvolvimento”, assinalou o Presidente do Governo, que hoje inaugurou o Caminho Agrícola da Faustina, nas Capelas, e o Caminho Agrícola da Lomba da Cruz, em Santo António, ambas freguesias de Ponta Delgada.

José Manuel Bolieiro lembrou que o “objetivo maior” neste setor passa por um “rendimento digno” dos produtores, acrescentando ser preciso “assegurar condições para o trabalho” destes profissionais, nomeadamente por via da “redução de custos de produção para que sejam competitivos no preço do seu produto”.

À margem da sessão, e questionado pelos jornalistas, o governante valorizou as “excelentes condições” dos caminhos hoje inaugurados, que garante melhores condições para os agricultores laborarem e acederem às suas explorações.

O Caminho Agrícola da Faustina, localizado na freguesia de Capelas, concelho de Ponta Delgada, POA da Bacia Leiteira de Ponta Delgada, é um caminho que contem parcelas pertencentes a 25 explorações agrícolas.

O caminho tem uma largura média de quatro metros, estando a drenagem longitudinal englobada nesta largura através do sistema de drenagem com pendente para o meio.

A empreitada comtempla a execução de uma conduta de abastecimento de água integrada no Sistema de Abastecimento de Água da Bacia Leiteira de Ponta Delgada com 1980 metros.

A parte beneficiada em termos de pavimento do caminho da Faustina tem cerca de 985 metros de extensão e tem como estrutura de pavimento 15 centímetros de camada de desgaste em betão de cimento sobre uma base em bagacina com 20 centímetros de espessura.

A empreitada beneficiou uma área de cerca de 70 hectares e 45 parcelas pertencentes 25 explorações agrícolas, e o valor total desta obra, com IVA, foi de 266 mil euros.

Já o Caminho Agrícola da Lomba da Cruz, localizado na freguesia de Santo António, concelho de Ponta Delgada, POA da Bacia Leiteira de Ponta Delgada, é um caminho que contem parcelas pertencentes a 14 explorações agrícolas.

Este tem também uma largura média de quatro metros, estando a drenagem longitudinal englobada nesta largura através do sistema de drenagem com pendente para o meio.

A empreitada comtempla a execução de uma conduta de abastecimento de água integrada no Sistema de Abastecimento de Água da Bacia Leiteira de Ponta Delgada com 955 metros.

O caminho da Lomba da Cruz tem cerca de 955 metros de extensão e tem como estrutura de pavimento 15 cm de camada de desgaste em betão de cimento sobre uma base em bagacina com 20 cm de espessura.

A empreitada beneficiou uma área de cerca de 14 hectares e 21 parcelas pertencentes a 14 explorações agrícolas, e teve um custo total, com IVA, de 164 mil euros.

Na sessão de hoje estiveram presentes, entre outros, o Presidente da Federação Agrícola dos Açores, Jorge Rita, o Presidente do Instituto Regional de Ordenamento Agrário (IROA), Hernâni Costa, e o Vice-Presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada, Pedro Furtado.

GRA/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o editor da Rádio Ilhéu.