ÚLTIMAS

SÃO MIGUEL | João Bosco Mota Amaral é o orador convidado do Fórum Autonómico

400views

O primeiro Presidente do Governo Regional dos Açores, João Bosco Mota Amaral, é o orador convidado para o último Fórum Autonómico do ano, que decorrerá na terça-feira, no Palácio de Sant’Ana, em São Miguel, e funcionará como momento de reflexão sobre os temas debatidos nas diferentes ilhas dos Açores, perspetivando ideias sobre o futuro da autonomia e a defesa da mesma.

Mota Amaral foi Presidente do Governo Regional dos Açores entre 8 de setembro de 1976 e 20 de outubro 1995. Posteriormente, entre muitas outras funções, foi Presidente da Assembleia da República, entre 9 de abril de 2002 e 9 de março de 2005.

O social-democrata é licenciado e Mestre pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa e Doutor Honoris Causa em Ciências Económicas pela Universidade dos Açores.

Mota Amaral nasceu a 15 de abril de 1943 e é natural de Ponta Delgada, na ilha de São Miguel.

Temas como o mar, energia, economia ou agricultura foram debatidos em sessões anteriores e são o ponto de partida para a última edição em 2021 do Fórum Autonómico, uma ideia desenvolvida pelo Presidente do Governo Regional dos Açores, José Manuel Bolieiro.

Os Açores assinalam este ano, recorde-se, os 45 anos da sua autonomia.

O Fórum Autonómico, que tem percorrido as ilhas da Região, é um espaço de reflexão sobre a autonomia e desafios da mesma em diferentes áreas de intervenção, com impacto direto na sociedade, economia e bem-estar dos cidadãos Açorianos.

A sessão em São Miguel, que terá também uma intervenção do Presidente da Câmara de Ponta Delgada, Pedro Nascimento Cabral, decorrerá no Palácio de Sant’Ana, pelas 20h30 de terça-feira, e contará com uma atuação do grupo VOX CORDIS, que interpretará cancioneiro Açoriano e algum repertório referente à época do Natal.

GA/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.