LOCAL

SANTO ANTÃO – POSEI é uma ferramenta essencial e importante para o setor agrícola, não só para parte produtiva mas também para a parte de transformação, afirma João Ponte (c/áudio)

45views

João Ponte hoje em visita à Finisterra afirmou “que o setor dos lacticínios na ilha de São Jorge tem um peso fundamental na economia” sendo “um setor que deve continuar a merecer atenção e empenho do Governo dos Açores para se garantir a sustentabilidade do setor.”

Começou por salientar a valorização do queijo nos mercadores sendo “este um trabalho que esta a ser feito e que não se iniciou agora, de novos mercados e de inovação havendo muitas formas de inovar o queijo de São Jorge” e essa inovação não é fazer um queijo diferente, mas sim “ser apresentado de forma diferente” ou também “dando-lhe uma nova roupagem no aspeto visual em termos comerciais”. A Pandemia veio trazer desafios acrescidos e acredita que vamos ser capazes de ultrapassar “com mais trabalho, com ambição e sobretudo com confiança no futuro” afirmou assim João Ponte em Declarações á Radio Ilhéu.

João Ponte afirmou ainda que “ é fundamental o Governo continuar a investir a nível das infraestruturas agrícolas ” sendo que nesta legislatura “o governo vai investir mais de 80% do que investiu na legislatura anterior” falando num investimento global de cerca de 26 Milhões de Euros em todas as Ilhas dos Açores.

A ilha de São Jorge pelo peso do setor agrícola e por carências que ainda há por resolver a nível do abastecimento de água e das infraestruturas viárias e também do abastecimento de eletricidade é um aspeto que ainda tem que ser aperfeiçoado e melhorado no futuro. “A verba que existia foi aproveitada até ao último cêntimo para as
infraestruturas agrícolas. Em São Jorge foi feito um trabalho positivo e com resultados, um trabalho em parceria com a associação agrícola de São Jorge” , salientou João Ponte.

Agora é preciso dar continuidade a este trabalho estando a ser analisadas um conjunto de obras que são necessárias, nomeadamente o abastecimento de água. “O Abastecimento de agua tem que ser uma prioridade para a próxima legislatura” , terminou dizendo que “o novo quadro irá continuar a dar melhores condições de trabalho aos agricultores.” – Esclareceu João Ponte, na Finisterra, em Santo Antão, Ilha de São Jorge.

Interrogado pela Rádio Ilhéu acerca do POSEI “se considerava a verba disponível para a ajuda no armazenamento do Queijo de São Jorge suficiente”, João Ponte afirmou que “da parte do governo houve ao longo deste mandato uma ambição e determinação para conseguir uma boa negociação dos Fundos Comunitários onde se inclui o POSEI.

“O processo do POSEI é um processo que ainda, não esta fechado sendo neste momento um processo que é desfavorável para a região e para os agricultores”. João Ponte continua “com a mesma ambição e empenho para que até ao final das negociações seja possível atingir o objetivo, sendo esse objetivo ter na região, os agricultores um crescimento das ajudas do POSEI com a mesma variação positiva que vai acontecer aos agricultores no continente das ajudas do primeiro pilar, ou seja mais 4%.” — realçou o secretário da Agricultura e Florestas.

João Ponte concluiu a questão do POSEI referindo-se que “esse trabalho que tem que ser feito aos mais diferentes níveis” afirmando “que se conseguirem esse objetivo mais fácil será responder aquela que é uma ambição legitima das cooperativas aqui de São Jorge que é a ajuda do armazenamento do queijo São Jorge”.

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o editor da Rádio Ilhéu.