REGIONAL

REGIÃO | Vice-Presidência do Governo reforça acordo de cooperação com a Comissão Fulbright para a investigação entre os Açores e EUA

© Governo dos Açores | Foto: FRCT
117views

A Vice-Presidência do Governo Regional dos Acores, através do Fundo Regional da Ciência e Tecnologia, reforçou o protocolo de cooperação com a Comissão Fulbright até 2026, de modo a salvaguardar “melhores condições para os bolseiros de intercâmbio”.

“O Programa Fulbright é considerado um dos mais prestigiados programas educacionais, académico e cultural de intercâmbio Portugal-EUA, uma vez que permite aos alunos estudarem e realizarem investigação em universidades e centros de investigação de excelência”, afirma Artur Lima.

Este novo memorando de entendimento com a Comissão Fulbright pretende “continuar a promover bolsas Fulbright de investigação entre os Açores e os Estado Unidos da América” com novas particularidades que irão “reforçar os apoios e benefícios dos bolseiros durante o período de investigação”, explica o Vice-Presidente do Governo.

“Com base na análise e revisão minuciosa do anterior protocolo, trabalho desenvolvido conjuntamente com a Comissão Fulbright, foram alterados elementos-chave, tornando-o mais apelativo e adequado financeiramente ao panorama desafiante que vivemos”, esclareceu.

Uma das alterações foi o incremento do montante de bolsa disponível para os estudantes açorianos e o valor das viagens.

Segundo o Vice-Presidente do Governo, “estas alterações tornam a bolsa mais atrativa e inclusiva, mantendo flexibilidade em termos de adaptação da duração da bolsa aos projetos dos candidatos”.

Ao aprofundar estas dinâmicas de colaboração com os EUA nas áreas da ciência, educação e inovação, estamos, para Artur Lima, a “apostar numa alta e competitiva qualificação dos nossos recursos humanos”, mas, também a “evidenciar a excelência da nossa região para acolher jovens americanos nos Açores”.

O presente protocolo é estabelecido por um período de três anos e irá cobrir os anos letivos 2023/2024, 2024/2025 e 2025/2026 para bolseiros açorianos nos Estados Unidos da América (quatro bolsas por edição – 12 no total dos três anos) e para os anos letivos de 2024/2025, 2025/2026 e 2026/2027 para estudantes e investigadores americanos (duas bolsas por edição – seis no total dos três anos).

Está em causa um investimento total do Governo Regional dos Açores, no período referido, no valor de 182 mil euros.

O anterior protocolo celebrado com o Governo Regional, em 2019, resultou no intercâmbio de quatro açorianos para universidades dos EUA, e a vinda de duas investigadoras americanas para os Açores.

GRA/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o editor da Rádio Ilhéu.