ÚLTIMAS

REGIÃO | Vasco Cordeiro: prioridade do PS para a Agricultura dos Açores é melhorar o rendimento dos produtores

201views

Vasco Cordeiro salientou, esta sexta-feira, que a prioridade do Governo Regional do PS para a Agricultura será, na próxima legislatura, “melhorar o rendimento dos Agricultores Açorianos”.

O candidato do PS a Presidente do Governo Regional falava num jantar comício, realizado na Cooperativa Bom Pastor, nos Arrifes.

Vasco Cordeiro realçou que os Agricultores Açorianos estão “confrontados com o “desafio do rendimento”, criticando a opção do Governo da coligação PSD/CDS/PPM de ter “pago aos agricultores para não produzirem, na expectativa de que o preço do leite subisse” e frisando que, três anos depois, “o preço do leite à produção está mais barato, e os lavradores estão a produzir menos e com menores rendimentos”.

O socialista frisou que a melhoria do rendimento dos produtores faz-se “valorizando o produto, incidindo e exigindo ao nível da indústria, da transformação e da comercialização”.

Por outro lado, Vasco Cordeiro reiterou que o governo da coligação “já deveria ter acionado o SAFIAGRI, para apoiar os agricultores nesta subida de juros” e garantiu que “ninguém, incluindo os Agricultores Açorianos, têm de recear qualquer perda de direitos com o futuro Governo Regional do PS”, lembrando que “ao mesmo tempo que a coligação acena apenas com a bandeira do fim dos rateios, este Governo despreza os caminhos agrícolas, corta apoios e atrasa pagamentos às instituições representativas da lavoura Açoriana”.

Vasco Cordeiro dedicou boa parte da sua intervenção às questões relacionadas com a Habitação, sublinhando que os mecanismos de apoio público à Habitação que existem neste momento são “os mesmos que existiam no último Governo do PS, como é o caso do programa ‘Famílias com Futuro’ ou o ‘Casa Renovada, Casa Habitada’.

“Se o PS fosse Governo, já teria reformulado estes programas, uma vez que não estão a corresponder às necessidades atuais da sociedade Açoriana”, frisou.

Vasco Cordeiro sustenta a sua visão no facto de as dificuldades da Habitação dos dias de hoje “não serem apenas das famílias mais carenciadas”, mas também dos “casais de classe média, em que ambos os elementos trabalham”, que muitas vezes “não recebe o suficiente para ir à banca e para garantir um empréstimo para adquirir uma Habitação”, considerando que o Governo Regional “deve criar mecanismos que ajudem a concretizar o direito à Habitação”.

Vasco Cordeiro entende que o Governo Regional deve “mobilizar a oferta pública da Habitação, seja em lotes, em infraestruturados, seja em habitação, para ajudar a resolver esse problema” e apontou que “é preciso reanimar o mercado privado da habitação, que no caso dos açores, é inexistente desde a crise financeira de 2008”.

“É preciso criar medidas, por exemplo, através de linhas de crédito bonificadas que possam ajudar a animar esse mercado e, por essa via, ajudar a aumentar a oferta de habitação no mercado”, sinalizou.

“O governo da coligação PSD/CDS/PPM fala muito, mas faz muito pouco. Os Açores precisam de um Governo Regional que cumpra a sua parte, que aproveite as medidas que vêm do Governo da República, mas que utilize a nossa Autonomia para fazer mais, para aumentá-las em benefício dos Açorianos. E é por isso que nos próximos dias 4 de fevereiro e 10 de março é importante que se vote no Partido Socialista. Para que haja uma união de Governos em favor dos Açores e em favor dos Açorianos”, finalizou o Presidente do PS/Açores, Vasco Cordeiro.

PS/AÇORES/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.