REGIONAL

REGIÃO | Açores são exemplo na recuperação de artes de pesca abandonadas no mar, destaca Manuel São João

© Governo dos Açores | Foto: SRMP
121views

O Secretário Regional do Mar e das Pescas considerou hoje que os Açores são um exemplo a seguir na recuperação de artes de pesca abandonadas no mar.

Falando na abertura da International Conference by Azores EcoBlue, que decorreu na Associação Empresarial de Portugal, em Leça da Palmeira, Manuel São João disse que “em termos de artes de pesca abandonadas, conhecidas como ‘artes fantasma’, fala-se números e valores consideráveis, perante os quais, ninguém, e com particular relevo o poder político, deve ficar indiferente”, recordando que em 2021, a Região Autónoma dos Açores aderiu ao projeto Plastic Neutral, “tendo a tradicional e emblemática pesca de salto e vara sido a primeira pesca ‘neutra em plástico’ do mundo”.

“Em 2022, os Açores voltaram a assumir esse desiderato e não só voltaram a alcançar o estatuto de ‘plástico neutro’, como fizeram, através dos diversos parceiros, com que 56% da frota participasse neste projeto, retirando mil vezes mais plástico do mar que a quantidade que esta pescaria perdeu através das suas próprias operações”, frisou o Secretário Regional do Mar e das Pescas.

A International Conference foi organizada pelo consórcio Azores EcoBlue, do qual a Circular Blue, empresa gestora da marca Nieta Atelier é líder.

A Circular Blue, com sede na ilha Terceira, é uma empresa que se dedica à área de arquitetura, construção, investigação e Eco Design, responsável pela criação de produtos inovadores com potencial de exportação que têm na sua génese uma preocupação constante com Economia Azul, Circular e Sustentabilidade Ambiental.

“Estou certo de que este projeto constituirá uma mais-valia para o trabalho que, internamente, ao nível do Governo Regional dos Açores, se tem desenvolvido para fazer face à problemática do lixo marinho, um problema global que, direta e indiretamente, afeta os oceanos e os ecossistemas marinhos” referiu Manuel São João, acrescentando que “o Azores EcoBlue alia o útil ao agradável e, neste caso em apreço, está-se a criar uma verdadeira economia circular com projetos desta natureza”.

GRA/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o editor da Rádio Ilhéu.