ÚLTIMAS

PONTA DELGADA | IL exige ponto de situação sobre obras  de requalificação do Mercado da Graça

316views

A Deputada da Iniciativa Liberal na Assembleia Municipal de Ponta Delgada, Alexandra Cunha, entregou ao Presidente da Mesa da Assembleia Municipal, um requerimento a solicitar um conjunto de esclarecimentos sobre as obras em curso para a requalificação do Mercado da Graça.

“É importante, para o Iniciativa Liberal e para a sociedade local, saber qual o ponto de situação relativo a essas obras, dado o impacto social, cultural e económico do Mercado”, justifica a eleita liberal, apontando que, “depois da profunda polémica, pública e publicada sobre o assunto, se desconhece a data efetiva para a conclusão das obras e para a reabertura ao público do espaço requalificado”.

Por outro lado, Alexandra Cunha lembra que, na sequência das polémicas conhecidas, “o Presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada abriu um processo interno de averiguações para apurar responsabilidades sobre todo o processo”, sublinhando, no entanto, que “ninguém tem qualquer conhecimento formal e/ou oficial do desenrolar de tais averiguações”.

Assim, a Deputada do Iniciativa Liberal eleita à Assembleia Municipal de Ponta Delgada requerer esclarecimentos sobre “o ponto de situação/execução das obras de requalificação do Mercado da Graça?” e pergunta sobre “a data prevista para a conclusão das obras e para quando estima o Município a reabertura aos comerciantes e ao público em geral do Mercado da Graça?”.

Quanto ao processo de averiguações instaurado, Alexandra Cunha solicita “o ponto de situação do processo interno de averiguações” e quer saber “quais as conclusões já conhecidas, visando o apuramento de responsabilidades no âmbito das situações irregulares detetadas em todo este processo?”.

IL/AÇORES/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.