ÚLTIMAS

FLORES | Bloco questiona governo sobre situação caótica no centro de processamento de resíduos

383views

Após uma visita ao centro de processamento de resíduos da ilha das Flores, o Bloco de Esquerda denuncia uma situação caótica de acumulação de resíduos sólidos urbanos (RSU), devido aos condicionamentos na operacionalidade dos navios que realizam o seu escoamento.

Perante esta situação, os deputados do Bloco enviaram hoje um requerimento ao Governo Regional, de modo a determinar se esta situação é do conhecimento do executivo açoriano e que diligências serão tomadas para garantir o escoamento regular dos RSU e prevenir o seu ressurgimento.

De momento, a acumulação de resíduos cobre o pavilhão e a área envolvente, o que dificultará o trabalho da Resiaçores – empresa responsável pelo tratamento dos resíduos urbanos -, que muito em breve terá dificuldades em acomodar a entrada de mais resíduos.

Ao que foi possível apurar, é necessário que sejam enviadas cerca de 1700 toneladas (105 contentores) de RSU propenso a crescimento de baratas, larvas e a lixiviação. 

Para além disso, desde o dia 10 de fevereiro que não é expedido qualquer refugo e já se encontram 180 fardos (15 contentores) prontos a embarcar, assim como 250 toneladas (25 contentores) de resíduos em espera para sair da ilha.

Para os deputados do Bloco, devem ser tomadas medidas urgentes que garantam a saída prioritária dos resíduos recicláveis de modo que estes não sejam infestados por eventuais pragas existentes no refugo, quando este for retirado das instalações do centro de processamento de resíduos.

Da mesma forma, é preciso resolver esta situação o mais breve possível, uma vez que no mês de junho está prevista a entrada de mais de 200 toneladas de resíduos

Desde a passagem da Tempestade Efrain que a operacionalidade dos navios que fazem o abastecimento, no Porto comercial de Lajes das Flores, se encontra bastante condicionada devido à destruição do que restava do antigo molhe cais.

BE/AÇORES/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.