ÚLTIMAS

ATUALIDADE | PS promove roteiro para ouvir preocupações do setor Agrícola dos Açores

351views

O Grupo Parlamentar do Partido Socialista iniciou esta sexta-feira um Roteiro Agrícola que prevê reuniões em todas as ilhas com as entidades ligadas ao setor Agrícola, “desde a produção até às associações e à indústria”, anunciou esta sexta-feira Andreia Cardoso.

A vice-presidente do GPPS falava em Angra do Heroísmo, após a reunião de uma comitiva do Grupo Parlamentar do PS com a associação de produtores de frutas, de produtos hortícolas e florícolas da Ilha Terceira (FRUTER) e com a Bioazórica.

Andreia Cardoso registou que, entre as principais preocupações do setor, estão “o aumento dos custos de produção, designadamente aqueles que decorrem do aumento dos custos energéticos, em concreto com a energia elétrica”.

“No início de janeiro entrou em vigor um novo tarifário que impacta diretamente a indústria, mas que tem também reflexos nos custos de produção dos produtores e das próprias associações”, sublinhou.

Andreia Cardoso recordou que o Grupo Parlamentar do Partido Socialista apresentou – e fez aprovar – no plenário de janeiro do Parlamento dos Açores uma recomendação ao Governo para “fazer face aos aumentos da fatura energética”, indo agora “fazer o acompanhamento destes apoios por parte do Governo às empresas e às instituições, para superar mais esta dificuldade”.

A deputada socialista eleita pela ilha Terceira manifestou “grande preocupação” com os atrasos de pagamentos por parte do Governo Regional, que “se verificam também na Agricultura”.

“Estamos a falar de pagamentos que haviam sido assumidos já desde 2021 e que ainda se encontram por pagar”, uma situação de que o GPPS “já tinha conhecimento através do relatório de execução do Plano de Investimentos” e que estas reuniões “vieram confirmar”.

Andreia Cardoso referia-se, em concreto ao apoio de 15 cêntimos por cada litro de leite produzido a menos, no âmbito do programa de redução voluntária da produção leiteira, lançado por este Governo Regional, mas também aos apoios à reconversão das explorações de leite para a carne e aos apoios ao funcionamento das próprias associações.

“Este era um apoio instituído ao funcionamento destas instituições que deixou de vigorar”, sem que neste momento “exista qualquer alternativa”, o que pode pôr, de facto, em causa e fazer perigar os recursos humanos destas instituições e o serviço de apoio que prestam ao setor agrícola.

A parlamentar socialista apontou, igualmente, as dificuldades sentidas ao nível da “regularidade dos transportes”, salientando que a “questão dos transportes marítimos se agravou com o fim dos transportes marítimos de passageiros, que também transportavam alguma carga rodada”.

Relativamente aos transportes aéreos, Andreia Cardoso recordou que este Governo prometeu estabelecer “um avião cargueiro” que “afinal não existe”, falhando claramente na resposta às necessidades do setor agrícola, que pretende, evidentemente, “movimentar produtos dentro da Região e para fora da Região”.

“Outra preocupação sentida pelo setor agrícola – e por outros – tem a ver com o final do Competir+ em junho deste ano, sem que neste momento se conheça qual é o futuro, porque ainda não se conhece o novo modelo do programa anunciado recentemente pelo Governo Regional, o que gera apreensão também nos agentes do setor Agrícola”, realçou a deputada do PS, Andreia Cardoso.

O Roteiro Agrícola reflete a postura de proximidade e de diálogo assumida desde sempre pelo Partido Socialista, que reúne agora com entidades do setor agrícola em todas as ilhas, tal como aconteceu com as juntas de freguesia e muitas outras entidades, de outras áreas, ao longo dos anos.

GPPS/AÇORES/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.