ÚLTIMAS

ATUALIDADE | Estudante de mestrado em Ciências Musicais estuda LAVA – Festival  Internacional de Jazz do Pico

749views

Filipe António Dias Lemos, 29 anos, natural da Madalena, músico e estudante de mestrado em  Ciências Musicais na Universidade NOVA de Lisboa, está a preparar-se para embarcar numa  jornada de pesquisa única. A sua paixão pela música e pela história levou-o a escolher o LAVA – Festival Internacional de Jazz do Pico como tema da sua tese. 

Desde tenra idade, Filipe tem dedicado o seu tempo e talento à música, tocando saxofone alto  na Filarmónica União e Progresso Madalense. O seu amor pela música e o seu desejo de explorar  diferentes aspetos culturais levaram-no a estudar fotografia por três anos e a realizar um estágio  na Ilha Terceira, ampliando ainda mais os seus horizontes artísticos. 

Em 2019, Filipe concluiu o quarto grau em saxofone alto na Academia de Amadores de Música  de Lisboa. Inspirado pela sua paixão pela música e pelo desejo de explorar a diversidade musical  e cultural, decidiu prosseguir os estudos académicos na Universidade NOVA de Lisboa, onde  atualmente está a frequentar o mestrado em Ciências Musicais, com especialização em  Etnomusicologia. 

Com o objetivo de realizar o seu estágio curricular e tese de mestrado, o LAVA tem a honra de  receber o estudante de mestrado no seio na sua organização. A sua pesquisa visa investigar a  história do festival e o seu desenvolvimento ao longo dos anos. Além disso, perceber as  estratégias utilizadas para melhorar a qualidade do atendimento, dos serviços e produtos  musicais disponibilizados e analisar o festival de forma a perceber como é que representa a  diversidade musical e cultural, e como é que essa representação pode contribuir para a  preservação e valorização da tradição musical local.  

“Estou extremamente entusiasmado por ter a oportunidade de estudar e pesquisar sobre um  evento tão diferenciado como o LAVA – Festival Internacional de Jazz do Pico”, afirma Filipe.  “Acredito que a música tem o poder de conectar pessoas e culturas, e estou ansioso para  explorar como o festival abraça essa diversidade musical e cultural, ajudando a preservar e  valorizar a rica tradição musical local.” 

Filipe tem estado em contato com os organizadores do LAVA – Festival Internacional de Jazz do  Pico, em busca de informações para a realização da sua pesquisa. Ele espera que a sua tese possa  contribuir para a compreensão mais profunda do festival e para o contínuo aprimoramento dos seus serviços e produtos musicais.

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.