XTB

ATUALIDADE | Cruise Division do MSC Group publica dados e aprendizagens do primeiro cruzeiro do mundo zero emissões

MSC Euribia
597views

A primeira viagem de cruzeiro do mundo com zero emissões de gases com efeito estufa (GEE) realizada pelo MSC Euribia marca uma mudança de paradigma para os cruzeiros. Prova que os cruzeiros com zero emissões já são possíveis hoje em dia, significativamente antes do objetivo de 2050 para a indústria. O MSC Euribia alcançou este objetivo ao utilizar o bio-LNG como combustível, aplicando o sistema de balanço de massa.
 
Depois da viagem inaugural do MSC Euribia com zero emissões de gases com efeito estufa de Saint-Nazaire, França, para Copenhaga, Dinamarca, entre 3 e 8 de Junho de 2023 – incluindo um dia em Amesterdão -, a MSC Cruzeiros pode agora partilhar os principais dados e insights recolhidos durante a viagem. Durante a viagem de quatro dias, o MSC Euribia teve um desempenho 11% melhor do que a sua versão virtual- um navio virtual que reproduz o fluxo e a utilização ideais de energia a bordo- alcançando uma poupança global de 43 toneladas de combustível. Perfis de velocidade otimizados, itinerários, configuração de acabamento e motor, e otimização rigorosa do consumo de energia do hotel, incluindo HVAC, cozinhas e iluminação, garantiram que o MSC Euribia nunca tivesse de usar mais de dois dos seus quatro motores disponíveis durante a viagem. Para além disso, todo o calor necessário para as cozinhas, sistemas de aquecimento e água quente a bordo foi recuperado dos motores do MSC Euribia, o que significa que não houve necessidade de utilizar as caldeiras durante toda a viagem.
 
A viagem pioneira do MSC Euribia rumo às zero emissões de gases com efeito estufa foi recentemente reconhecida na indústria de cruzeiros ao receber o prémio de “Iniciativa de Sustentabilidade do Ano 2023 nos Seatrade Cruise Awards 2023, anunciado a 6 de Setembro em Hamburgo, Alemanha.
 
A obtenção do objetivo das zero emissões só foi possível graças à utilização de bio-LNG como combustível. O MSC Euribia utilizou o bio-LNG utilizando um Sistema de balanço de massa, o método mais rentável e ambientalmente eficiente de fornecer os benefícios do LNG renovável, totalmente reconhecido pela Diretiva de Energias Renováveis da UE (RED II). Cada lote de bio-LNG produzido foi certificado pela International Sustainability & Carbon Certification (ISCC).
 
A conclusão bem-sucedida desta viagem envia um sinal claro de que as operações marítimas com zero emissões de Gases com Efeito Estufa são possíveis atualmente se houver combustíveis alternativos disponíveis. Os dados recolhidos e as informações recolhidas durante a viagem serão então utilizadas para otimizar os navios existentes na frota, reduzindo ainda mais as emissões em toda a frota da MSC Cruzeiros.
 
Michele Francioni, Senior Vice President of Optimisation for the Cruise Division do MSC Group, comentou: “Estamos extremamente orgulhosos desta conquista, que prova que é possível atualmente fazer cruzeiros com zero emissões. Os nossos engenheiros a bordo e a nossa tripulação liderada pelo Comandante Battinelli fizeram um trabalho fantástico otimizando a operação do navio. O MSC Euribia tem verdadeiramente o design de navio de cruzeiro mais eficiente em termos energéticos até à data, mas precisamos de uma maior disponibilidade de combustíveis renováveis para que a indústria marítima em geral repita constantemente este feito. Com o nível certo de apoio dos governos e das instituições internacionais para incentivar a aceleração dos avanços tecnológicos e a disponibilidade de combustíveis renováveis, a indústria pode alcançar zero emissões até 2050.”
 
A recente assinatura de uma Carta de Intenções (“LOI”) entre a MSC Cruises e a Gasum, um fornecedor de combustível, proporcionará à MSC o acesso ao gás natural liquefeito ou e-LNG, um combustível renovável produzido a partir de hidrogénio, criado por hidrólise com energia renovável e carbono capturado.
 
Linden Coppell, Vice President of Sustainability and ESG na MSC Cruises afirmou,.“A parceria com a Gasum permitir-nos-á aceder a combustíveis novos e mais limpos, necessários para dar um passo significativo com o objetivo de atingir cruzeiros com zero emissões. Precisamos de mais fornecedores como a Gasum para dar um passo em frente e apoiar o nosso setor. Estamos prontos à espera de comprar mais destes novos combustíveis. Entretanto, continuaremos a aprender com os dados da viagem com zero emissões de gases com efeito estufa do MSC Euribia  e a utilizar estes resultados como referência para a entrega do nosso próximo navio a LNG.
ENDS
 
Características do MSC Euribia e tecnologias ambientais da Cruise Division:
 
Arqueação Bruta: 184 011
Comprimento: 331 m
Largura: 43 m
Altura: 73,6 m
Capacidade de passageiros: 6 334
 
Motores e combustíveis:
Quatro motores Wärtsilä Dual Fuel: 2 x 16V46DF e 2 x 12V46DF
Motores capazes de funcionar com Gás Natural Liquefeito (LNG) e com gasóleo marítimo com baixo teor de enxofre (MGO)
 
Primeiro cruzeiro do mundo com zero emissões:
 
O MSC Euribia completou uma viagem com zero emissões na sua primeira viagem de Saint-Nazaire a Copenhaga, utilizando bio-LNG, através de um sistema de balanço de massa, o método mais económico e do ponto de vista ambiental mais eficiente de fornecer os benefícios do biogás renovável. O MSC Euribia pode ser movido a Gás Natural Liquefeito (LNG), que praticamente elimina os óxidos de enxofre e reduz os óxidos de nitrogénio em 85%. Também reduz as emissões de gases com efeito estufa em até 20% (numa base equivalente de C02).
 
O LNG é um combustível de transição: a tecnologia dos motores de bordo e os sistemas de combustível já podem utilizar atualmente o LNG biológico e sintético. No futuro, o design do navio pode acomodar retrofits, permitindo que os nossos navios movidos a LNG operem utilizando o metanol verde. A MSC Cruzeiros está comprometida com a implementação de combustíveis renováveis e com a aceleração de transição energética para zero emissões.
 
 
Eficiência Energética
 
O MSC Euribia é o navio de cruzeiro com maior eficiência energética de todos os tempos. O MSC Euribia alcançará um Índice de Design de Eficiência Energética (EEDI) da IMO 55% melhor do que o exigido atualmente. O MSC Euribia emitirá até 44% menos de emissões de gases de efeito estufa por passageiro por dia do que os navios construídos há apenas 10 anos.
 
Instalações avançadas de tratamento de águas e resíduos:
 
As águas residuais são tratadas com uma qualidade muito elevada, com um padrão muito superior ao de muitos sistemas municipais de tratamento de águas residuais em terra, em todo o mundo. A nossa tecnologia vai ao encontro dos mais rígidos padrões internacionais da IMO- incluindo o chamado Padrão Báltico. Os sistemas avançados e gestão de resíduos são utilizados para reduzir, reutilizar e reciclar os resíduos gerados
 
A Cruise Division do MSC Group está comprometida em ser uma marca com zero emissões de gases com efeito estufa até 2050
 
A intensidade das emissões das nossas operações com navios diminuiu 33,5% desde 2008 e alcançaremos uma redução de 40% antes da meta IMO para 2030. Atingir zero emissões exigirá mais do que encontrar mais eficiências operacionais: estamos a adotar novas tecnologias e a mudar para combustíveis renováveis e sem carbono. Estamos a trabalhar com fornecedores de combustível e outros na implementação de combustíveis sustentáveis, como os biocombustíveis avançados e o biogás. Olhando para o futuro, o hidrogénio verde e o metanol verde provavelmente contribuirão para a nossa descarbonização, assim como os combustíveis eletrónicos sintéticos. O nosso foco é o desenvolvimento de soluções escaláveis que podem ser utilizadas universalmente.

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.