AGENDA

ATUALIDADE | Agenda. Samsung volta a apostar na música com presença no MEO Kalorama

503views

A Samsung volta a apostar na música com presença já confirmada naquela que será a segunda edição do MEO Kalorama, festival que terá lugar no Parque da Bela Vista, em Lisboa, entre os dias 31 de agosto e 2 de setembro. Após diversos projetos ligados à música, como o concerto em holograma de António Variações ou o lançamento do álbum “Tens-me na Mão” com David Bruno, a marca volta a estar em destaque com um palco próprio e dedicado a artistas emergentes do panorama musical nacional e internacional.

“A música é sinónimo de inovação, transformação e sobretudo um elo entre pessoas. Inovar e romper com as convenções é algo que a Samsung e o seu ecossistema Galaxy em particular, fazem naturalmente nos últimos anos”, refere Ana Oliveira, Head of Marketing & Retail da área de Mobile da Samsung. “A presença da marca naquele que, apesar de estar apenas na sua segunda edição, já é um dos festivais musicais mais relevantes do país, mostra também que queremos, enquanto marca estar mais próximo das pessoas. Esta é uma oportunidade para demonstrar aquilo que estamos a fazer e como é que os nossos equipamentos podem ajudar os consumidores no seu dia-a-dia, inclusive num festival de música”.

Mais do que a Presença uma Experiência para todos

Além do Palco Samsung (agenda no final do documento), a marca estará presente com um stand próprio que dará a possibilidade aos visitantes de explorarem todo o ecossistema Galaxy e interagirem com as suas funcionalidades através de um conjunto de experiências desenhadas em exclusivo para este festival. Entre as ativações previstas, os visitantes poderão testar o Cancelamento de Ruído (ANC) e a funcionalidade Music Share dos Galaxy Buds2 Pro enquanto tentam responder a um conjunto de perguntas ou tentar que os seus amigos adivinhem a música que estão a ouvir num claro momento de boa disposição. No final haverá ofertas para todos.

Os peritos em enigmas terão à sua espera uma “Missão Possível” que passa por tentar abrir uma caixa de acrílico transparente com um Galaxy Z Flip5 lá dentro. Para isso os visitantes têm de responder primeiro a um quis, se acertarem ganham a possibilidade de decifrar a combinação de 3 números do cadeado. Palpites?

Por último e para os mais criativos haverá um espaço “Flex Your Angle” na forma de Z Flip com uma parte completamente assente no chão com um cenário e na parte de cima (a que está em modo flex) com um espelho. O objetivo é puxar pela criatividade dos visitantes para criarem uma foto original a partir do seu pulso com recurso ao Watch6. A mais original levará um Galaxy Z Flip5 como prémio.

Em antecipação ao festival e para todos os interessados, a partir de hoje [A1] e até à próxima sexta-feira, dia 25 de agosto, a Samsung lança um passatempo na sua página de Instagram com a oferta de um convite duplo para cada dia do MEO Kalorama, basta aceder e ver todas as condições de participação.

“Enquanto marca de confiança dos nossos consumidores a aposta na cultura é fundamental e nos últimos anos temos tentado trazer novos projetos que dinamizem e promovam a música em Portugal, o Festival Samsung Galaxy Live, o álbum Tens-me na Mão de David Bruno ou mesmo o holograma de António Variações são apenas alguns exemplos desta dinâmica e sobretudo desta procura incessante de inovar trazendo experiências únicas. O Palco Samsung no MEO Kalorama será certamente mais uma dessas experiências a recordar por muito tempo”, conclui Ana Oliveira.

O PALCO SAMSUNG

31 de agosto

15h00 Rato Chinês
15h45 Scuru Fitchadu
16h35 BK`
18h40 Rita Vian
20h50 Joesef
23h05 Shame

1 de setembro

15h00 Gui Aly
15h45 Holy Nothing
17h00 James Holden
19h15 Tamino
22h00 Baxter Dury
00h00 Shygirl

2 de setembro

15h00 Snake GR
15h45 Hause Plants
17h15 CMAT
19h10 Junior Boys
21h25 Nu Genea
00h00 Young Fathers

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.