SÃO JORGE

ATUALIDADE | “A grandeza de São Jorge, é a grandeza de cada ilha dos Açores”, declara o Chega

654views

Foi no jantar comício que decorreu ontem à noite, na Urzelina, em São Jorge, que o líder do CHEGA Açores, José Pacheco, manifestou que cada ilha dos Açores deve manter a sua integridade “e não ser próspera atacando outras ilhas. São Jorge não pode ser prejudicada para haver mais investimento no Corvo ou nas Flores. Cada ilha deve ter investimento à sua dimensão”.

Por isso mesmo, defendeu que os Açores deveriam ter um círculo eleitoral único, já que – com excepção de São Miguel, Terceira e São Jorge – cada ilha com menos população elege “apenas dois deputados por apenas dois partidos”.

Aos presentes, José Pacheco lembrou o que o CHEGA defende para os Açores: acabar com o Rendimento Social de Inserção, com o assistencialismo, mas também com o esbanjamento do dinheiro público, com uma companhia aérea que diariamente dá prejuízo a cada Açoriano, com as nomeações e compadrios.

Perante tais propostas, no dia 4 de Fevereiro “é o dia que o CHEGA presta contas ao seu patrão: o Povo”, esperando um grande Grupo Parlamentar.

Já o futuro da Governação “vai demorar o tempo necessário”, pois o CHEGA “não quer negócios com o Partido Socialista”, mas também não vai abdicar das suas bandeiras, se for abordado pela Coligação.

“Enquanto não se resolverem os problemas que estão para trás, nós não nos vamos juntar com ninguém”, e deu exemplos: “pedi quatro carros de bombeiros para os Açores, que nunca chegaram. Não abdicamos do assistencialismo, não podemos continuar a dar subsídios. Temos de dar esperança aos nossos jovens e dignidade aos nossos idosos. Não estamos a valorizar devidamente o queijo de São Jorge. Estão a matar a nossa pesca”, referiu o líder do CHEGA Açores e cabeça-de-lista do CHEGA por São Miguel.

Num jantar comício no âmbito da campanha eleitoral para as eleições legislativas regionais do dia 4 de Fevereiro, onde marcaram presença vários dirigentes regionais do CHEGA, os candidatos da lista por São Jorge e candidatos de vários círculos eleitorais, José Pacheco disse estar pronto para assumir o Governo Regional dos Açores, alegando que o candidato da coligação e o candidato socialista “não querem ganhar as eleições”.

Por seu lado, Valdemar Furtado, cabeça-de-lista do CHEGA por São Jorge, mostrou-se convicto numa vitória do CHEGA em São Jorge, afiançando levar à Assembleia Regional assuntos como a saúde, a educação, as pescas, mas também políticas de incentivo à fixação dos jovens em São Jorge e medidas de apoio aos idos que recebem pensões baixas.

O Mandatário do CHEGA por São Jorge, Paulo Lemos, garantiu que o CHEGA andará sempre porta a porta para ouvir as pessoas, pois só ouvindo a opinião do Povo se consegue avançar e desenvolver as ilhas.

CHEGA/AÇORES/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.