ÚLTIMAS

AÇORES | Chega quer melhor acesso à saúde na ilha das Flores

212views

O acesso à saúde nas Flores é uma questão que preocupa o cabeça-de-lista do CHEGA Açores daquela ilha, às próximas eleições legislativas regionais de 4 de Fevereiro, que defende melhorias nos serviços prestados, mas também celeridade no acesso a consultas de especialidade. 

José Paulo Sousa assume a dificuldade em sair da ilha para consultas de especialidade num dos três hospitais da Região, quer seja no Inverno – devido ao mau tempo – quer seja no Verão – devido à escassez de lugares nos voos por causa do turismo. “Uma das minhas preocupações é garantir lugares de Verão nos voos da SATA, e para isso tem de haver mais voos para as Flores. Também é preciso que a iluminação da pista seja certificada, para que se possam realizar evacuações médicas de urgência”, defendeu José Paulo Sousa. Este é um problema “que não pode ser adiado de legislatura em legislatura, e só ser falado de quatro em quatro anos. Isto tem de ser feito”, argumentou.

O cabeça-de-lista do CHEGA pela ilha das Flores defende que o tempo de espera para consultas de especialidade noutras ilhas tem de ser mais curto, pois há problemas de saúde que não se compadecem com três ou quatro meses de espera. “Não podemos permitir que isto continue a acontecer. Temos de combater estas lacunas e melhorar o atendimento à saúde nas Flores”, disse.

Numa acção de campanha junto ao centro de saúde de Santa Cruz das Flores, acompanhado pelo líder do CHEGA Açores e cabeça-de-lista por São Miguel, José Pacheco, por dirigentes regionais do partido e pelos membros da lista pelas Flores, José Paulo Sousa assumiu que vai lutar para que o Centro de Saúde local seja capacitado com mais serviços. “Luto para que os Florentinos tenham o que é necessário no Centro de Saúde e com mais qualidade possível”, disse, dando o exemplo da urgência de haver um serviço de fisioterapia, já que estes tratamentos são prestados e pagos “em locais que nem sempre são os mais adequados”.

Para José Pacheco, líder do CHEGA Açores e cabeça-de-lista pelo círculo de São Miguel, o CHEGA tem apresentado soluções para melhorar o acesso dos Açorianos à saúde, como o cheque-saúde que permite atendimento no privado quando o Serviço Regional de Saúde não consegue dar resposta atempada. No entanto, nas Flores não há a possibilidade de se recorrer ao privado, sendo necessário melhorar, na própria ilha, os serviços de saúde disponíveis. A telemedicina é uma ferramenta de trabalho que pode ajudar as ilhas mais isoladas dos três hospitais de referência da Região, como Flores e Corvo, mas é preciso melhorar o acesso aos serviços de saúde nestas ilhas. “É uma preocupação que o CHEGA sempre teve e que espero que o nosso futuro deputado pela ilha das Flores leve sempre à Assembleia Regional, em defesa da saúde dos Florentinos”.

CHEGA/AÇORES/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.