ÚLTIMAS

AÇORES | Bloco quer regular turismo para acabar com política de “bar aberto” do PS e da coligação para construção desenfreada de novos hotéis

227views

António Lima está preocupado com “a política de bar aberto em que se permite construir tudo sem qualquer ordenamento” e apontou a zona do areal de Santa Bárbara, na Ribeira Grande, onde serão construídos 10 novos hotéis com 900 camas, como exemplo da desregulação e descontrolo que existe no crescimento do turismo.

Neste momento há cerca de 7 mil novas camas licenciadas para os Açores, quando o total existente é de 13 mil, ou seja, haverá um crescimento de quase 50%.

“É uma enormidade, que revela um total descontrolo”, disse António Lima, que visitou hoje o local acompanhado pelo experiente arquiteto Jorge Kol de Carvalho.

“Temos hotéis que continuam a fechar no inverno porque não têm clientes suficientes, construir mais 900 camas no espaço de um quilómetro não faz qualquer sentido e não é sustentável”, assinalou o coordenador regional do Bloco nos Açores.

Ainda sobre a sazonalidade do setor, o candidato do Bloco salienta que este crescimento descontrolado é também “um problema para os trabalhadores que serão despedidos na época baixa”.

António Lima considera que “o turismo é um setor muito importante”, mas deixa um alerta para que não se cometam os mesmos erros que outros destinos já cometeram, ao caminhar para um turismo massificado.

“Esta é uma política que decorre da suspensão do Plano de Ordenamento do Turismo pelo Governo do PS, que foi mantida por este governo” e que leva a “um crescimento desordenado que não é sustentável e não serve os Açores”, disse ainda António Lima.

O Bloco quer uma região mais sustentável, onde o território é respeitado, onde as pessoas são respeitadas e o ambiente é respeitado.

“Permitir a construção desenfreada não serve o futuro do turismo e não serve o futuro dos Açores”, concluiu o coordenador do Bloco Açores.

BE/AÇORES/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.