ÚLTIMAS

SÃO MIGUEL | ‘Shuttle’ da Lagoa do Fogo arranca a 15 de junho e é gratuito para residentes nos Açores

© Governo dos Açores
658views

A partir do próximo dia 15 de junho entra em funcionamento o ‘shuttle’ de acesso aos pontos de interesse turístico da Reserva Natural da Lagoa do Fogo, num sistema gratuito para os cidadãos residentes na Região Autónoma dos Açores, e com um preço de cinco euros para não residentes.

A Secretária Regional do Turismo, Mobilidade e Infraestruturas, Berta Cabral, apresentou hoje as principais características operacionais deste sistema ‘shuttle’, numa sessão que contou com a assinatura do contrato de adjudicação do serviço à empresa Atlanticoenergy, a única a apresentar proposta no âmbito do concurso internacional lançado para o efeito.

“Esta é a primeira vez que nos Açores vai existir um serviço desta natureza e estamos confiantes nos seus bons resultados, pois tem a finalidade de responder ao desenvolvimento do setor do turismo, ordenar a circulação e melhorar a experiência turística, em respeito por um dos nossos maiores ativos naturais”, afirmou Berta Cabral.

O sistema estará programado para cobrir um trajeto de cerca de 14 km, de acordo com dois itinerários, com seis pontos de paragem turística no percurso, os quais ligam a Caldeira Velha, na Ribeira Grande, ao parque de merendas dos Remédios, na Lagoa, junto à Casa da Água.

O itinerário A, de onde partirá um veículo (autocarro) tem início na Caldeira Velha, passando pelos seguintes pontos: Miradouro da Bela Vista, Miradouro da Lagoa do Fogo, Pico da Barrosa, Casa da Água (Lagoa), efetuando, posteriormente o trajeto inverso, nomeadamente Pico da Barrosa, Miradouro da Lagoa do Fogo e Miradouro da Bela Vista, terminando na Caldeira Velha.

Já o itinerário B realiza-se no sentido inverso, iniciando junto à Casa da Água (Lagoa) e passa pelo Pico da Barrosa, Miradouro da Lagoa do Fogo, Miradouro da Bela Vista, Caldeira Velha, realizando, de seguida, o regresso através do Miradouro da Bela Vista, Miradouro da Lagoa do Fogo e Pico da Barrosa, e Casa da Água (Lagoa).

Os autocarros farão uma paragem em todos os pontos já referidos, sendo o serviço assegurado entre as 09h00 e as 19h00, todos os dias da semana, incluindo feriados nacionais, regionais ou municipais.

A aquisição de bilhetes poderá ser realizada através de um sistema de bilhética online, disponível em https://lagoadofogo.pt/, mas também estará disponível em empreendimentos turísticos da ilha de São Miguel que adiram ao sistema.

Em declarações aos jornalistas, após assinatura do contrato de adjudicação, Berta Cabral fez questão de sublinhar a importância deste novo serviço, nomeadamente, para disciplinar o acesso de viaturas às principais atrações turísticas ao longo daquela estrada, como o Miradouro da Lagoa do Fogo, que sofreu um aumento significativo nas últimas duas épocas altas, devido ao incremento do fluxo de turistas.

“Trata-se uma medida que tomamos, também por recomendação da ALRAA, mas, sobretudo, para ir ao encontro de um dos nossos grandes objetivos: manter o turismo como motor da economia regional, com o adequado equilíbrio na proteção do nosso património natural”, disse.

A circulação na estrada entre a Caldeira Velha (Ribeira Grande) e a Casa da Água (Lagoa) ficará restringida a carros rent-a-car, mas livre a todos os restantes veículos.

O parque de estacionamento da Caldeira Velha (101 lugares) e o parque de estacionamento junto à Casa da Água (60 lugares) foram incrementados em mais 30 lugares cada. A utilização do parque no miradouro da Lagoa do Fogo (48 lugares) manter-se-á gratuito nos primeiros 20 minutos e sujeito a atualização tarifária nos períodos seguintes. No total, estarão disponíveis cerca de 200 lugares de estacionamento para apoio.

“A nossa intenção é incentivar a utilização do ‘shuttle’ e dissuadir o estacionamento de longa duração no miradouro. Como é algo novo, temos alguma expetativa para verificar como evolui tudo isto, para avaliar a eventual necessidade de medidas complementares”, esclarece Berta Cabral.

Na implementação deste sistema, estiveram envolvidos vários departamentos da Secretaria Regional do Turismo, Mobilidade e Infraestruturas, nomeadamente a Direção Regional do Turismo, a Direção Regional da Mobilidade e a Direção Regional das Obras Públicas, demonstrando a transversalidade da atividade turística e o trabalho colaborativo que tem existido para melhorar a experiência de quem escolhe os Açores como destino de férias.

GRA/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.