ÚLTIMAS

SÃO MIGUEL | Câmara Municipal de Ponta Delgada “tem ser um parceiro ativo dos artistas”

387views

O Presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada, Pedro Nascimento Cabral, defendeu que “a autarquia tem de ser um parceiro ativo dos artistas”. O edil, que falava, ontem, na inauguração da exposição de Pedro Sousa, no Centro
Municipal de Cultura (CMC), sustentou que “temos de ser um veículo de promoção e de incentivo para que os nossos artistas possam expor e divulgar os seus trabalhos e se sintam acarinhados”.

“É importante revitalizarmos a Cultura, uma das áreas que mais sofreu com a pandemia”, arguiu, lembrando que, com a inauguração da exposição de Pedro Sousa, a autarquia pontadelgadense está a dar um sinal de que “estamos prontos para virar essa página da pandemia e olhar para o futuro, fazendo tudo o que está ao nosso alcance para expor os nossos artistas e dar a conhecer ao mundo o que de melhor fazem”.

Foi, por isso, com “muito orgulho e sentido responsabilidade” que o CMC abriu, uma vez mais, as portas ao talento de Pedro Sousa, expressou o Presidente. Na ocasião, Pedro Nascimento Cabral agradeceu ao artista a disponibilidade e manifestou o seu reconhecimento pelo trabalho desenvolvido, desejando-lhe os maiores sucessos. O artista conduziu o Presidente do Município numa visita guiada à mostra “A Ocre e Branco”, que pode ser apreciada até 2 de dezembro, e agradeceu a oportunidade e disponibilidade.

Pedro Sousa, recorde-se, é um artista plástico açoriano com mais de vinte anos de atividade, ao longo dos quais tem participado em inúmeras exposições, individuais e coletivas, das quais destaca a exposição comemorativa dos seus 25 anos de atividade como pintor, no Centro Municipal de Cultura de Ponta Delgada, em 2017. No seu percurso inclui-se também, desde muito cedo, o intuito de levar a pintura para junto do público, através de exposições em bares, restaurantes ou espaços comerciais e da organização do evento “Arte Viva”.

Explorando vários temas e materiais, os seus quadros espelham inevitavelmente o seu imaginário pessoal, a sua forma de entender o mundo, através de representações propositadamente imprecisas, que remetem para a ideia, mais do que para o objeto representado.

CMPD/GC/CC/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.