ÚLTIMAS

SÃO MIGUEL | Câmara Municipal de Ponta Delgada galardoada com Selo Amigo da Juventude

416views

A Câmara Municipal de Ponta Delgada foi distinguida na cidade do Porto com o Selo de Município Amigo da Juventude, um galardão atribuído pela Federação Nacional de Associações Juvenis (FNAJ) que vem reconhecer a autarquia pelas políticas desenvolvidas ao nível da juventude.

O selo foi entregue no II Encontro Nacional de Municípios Amigos da Juventude, que contou com a presença e participação da vereadora Cristina Canto Tavares que se congratula com o facto de “Ponta Delgada ser reconhecida pela sua estratégia e construção de políticas locais de Juventude”.

“No Ano Europeu para a Juventude, Ponta Delgada assume o desafio lançado pelo Pacto INOVE Jovem num compromisso para as políticas de juventude para a década de 2020/2030 orientador para as boas práticas de juventude multinível, transversais, sustentáveis e planificadas”, acrescenta a vereadora, que, do elenco camarário, tem à responsabilidade o pelouro do Desenvolvimento Social e Planeamento Intergeracional (Juventude e Idosos).

A Rede de Municípios Amigos da Juventude da FNAJ integra 152 autarquias e, nesta segunda edição do evento, reconheceu 62 municípios portugueses com o Selo de Município Amigo da Juventude.
O selo, nas próprias palavras dos organizadores, “tem como objetivo distinguir os municípios com reconhecidas medidas em prol das/dos jovens e das suas organizações, assim como a sua acrescida responsabilidade para com a sua juventude, enquanto fonte de inspiração e uma boa prática para todos os municípios portugueses”.

O evento, que reuniu cerca de 200 autarcas e técnicos municipais de juventude, promoveu também um momento de partilha de estratégias e boas práticas municipais intitulado “O futuro das Políticas Locais de Juventude”.

CMPD/GC/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.