SÃO JORGE

SÃO JORGE | PS preocupado com um Governo Regional da coligação  PSD/CDS-PP/PPM que é farto em estudos prévios e escasso em soluções

768views

No âmbito da Visita Estatutária do Governo Regional da coligação PSD/CDS PP/PPM, o Secretariado de Ilha do PS São Jorge, manifesta a sua satisfação pela  assinatura do contrato de Cooperação-Valor Investimento para a concretização do  Centro Intergeracional de Santo Antão, como também pela inauguração do Centro de  Saúde de Velas, muito aguardada e ansiada pela população, resolvendo-se assim, ao  fim de alguns anos, e não em 15 dias, conforme referido em campanha eleitoral por alguns membros desta coligação, uma situação que perdurava no tempo, em prejuízo  da população e dos profissionais desta unidade de saúde, no entanto, o Secretariado  de Ilha do PS São Jorge lamenta que este Governo Regional da coligação PSD/CDS PP/PPM, ao fim de várias Visitas Estatutárias à ilha de São Jorge, continue a insistir na  propaganda, apresentando e inaugurando como seus, investimentos que partiram do  Governo Regional do Partido Socialista. 

Na realidade, em termos concretos, com esta Visita Estatutária, não vimos  nenhuma novidade em relação a São Jorge, quando o atual contexto assim o exigia,  nomeadamente no que respeita ao apoio às famílias. O que se confirmou foi que  temos um Governo recorrente na apresentação de estudos prévios. São estudos  prévios para o Porto da Calheta, estudos prévios para o Porto das Velas, entre algumas  outras promessas de estudos prévios. São promessas, atrás de promessas do  Presidente do Governo Regional da coligação PSD/CDS-PP/PPM, que mais parecia estar em plena campanha eleitoral, que, nas suas intervenções, pomposas e  requintadas, mas vazias de conteúdo, confirma que este Governo não consegue traçar  um rumo para a ilha de São Jorge. 

Este é um Governo que continuar mais preocupado em atacar o Partido  Socialista, do que em governar e resolver os reais problemas dos Jorgenses, numa clara  tentativa de disfarçar a sua incompetência e inoperância. Tarda uma solução para a  construção do novo matadouro de São Jorge, para a escassez de estacionamento no  aeroporto de São Jorge, para a reabilitação do POA Cabo da Ponta/Sete Fontes/Farol  dos Rosais e outros tantos caminhos agrícolas, para a baía da Calheta, cujas promessas  eleitoralistas e estudos prévios se vão acumulando e agora percebemos que foi decisão  do Governo da coligação PSD/CDS-PP/PPM não contemplar a valência de centro de  noite no Centro Intergeracional de Santo Antão, falhando, redondamente, o PSD com a sua promessa eleitoral de construção de um lar de idosos na zona do Topo. 

Ao Secretariado de Ilha de São Jorge do PS, muito estranha a aparente  passividade e apatia do Conselho de Ilha de São Jorge, órgão consultivo que, num  passado bem recente, e com outros Governos Regionais, era, e muito bem, bastante  mais exigente e focado na defesa dos interesses de São Jorge – mudam-se os tempos,  mudam-se as vontades. Também estranho é o facto de o único ponto no Comunicado  do Conselho de Governo realizado quarta-feira em São Jorge, diretamente relacionado  com São Jorge, refira-se à expropriação das parcelas dos terrenos para execução da  empreitada da Transversal, curiosamente, outro investimento programado pelo Governo Regional do Partido Socialista, que inscreveu este importante investimento no  âmbito do PRR, garantindo assim a possibilidade da sua concretização. E qual não foi a  surpresa do Secretariado de Ilha do PS, ao constatar que na reunião do Governo Regional com o Município na Calheta, lá estava, mais uma vez, o presidente da  concelhia da Calheta do PSD, numa clara promiscuidade de competências entre órgãos  de poder local e regional com órgãos políticos. Não menos estranha, parece ser a  coincidência da descida do nível de alerta sismovulcânico de V3 para V2, precisamente  no dia da chegada do Governo Regional da coligação PSD/CDS-PP/PPM a São Jorge. 

Aqueles que, enquanto oposição, prometiam a resolução de todos os  problemas, agora, enquanto Governo, tardam em apresentar soluções. 

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.