SÃO JORGE

SÃO JORGE | António Ventura faz balanço positivo de atividades do Serviço Florestal da ilha

| Fotos: SRADR
513views

No seguimento da visita recente à ilha de São Jorge e ao Serviço Florestal desta ilha, o Secretário Regional da Agricultura e do Desenvolvimento Rural fez um balanço dos trabalhos realizados este ano por aquele serviço.

Deste modo, o governante salienta a beneficiação do barracão da Reserva Florestal das Sete Fontes, o qual se encontrava em muito mau estado de conservação. A obra teve início no mês de maio com a remoção do teto, que será substituído, e o edifício será alvo de intervenção de recuperação com objetivo de permitir futuramente ser usufruído pela população e por quem o visita.

Nos dias 30 e 31 de maio e 1, 2 e 3 de junho realizou-se a entrada do gado bovino para as pastagens baldias da Serra Municipal. O número de animais admitidos foi de 256 cabeças de gado, para uma área de 183 hectares, resultando numa receita aproximada de 1539 euros. Para a receção do gado procedeu-se a vários trabalhos, nomeadamente à beneficiação do Curral Pico Pinheiro, de vedações e tanques de água.

António Ventura realçou que as “reservas florestais de recreio são espaços de lazer vocacionados para servir a população e também” para quem visita a região, pois estas “têm vindo a assumir um papel fundamental e importante na oferta de espaços de lazer e contacto com a natureza”.

Para tal, tem-se vindo a realizar gradualmente a melhoria desses espaços, nomeadamente de alguns equipamentos que se encontravam em mau estado de conservação e pinturas das infraestruturas, tal como a carpintaria que foi alvo de beneficiação.

Também foram retomadas atividades de forma a sensibilizar a população para a importância das florestas e os seus benefícios, afirmou o governante.

Para o Secretário Regional, os caminhos apresentam uma relevante importância para a atividade agrícola e florestal, designadamente no acesso a explorações agrícolas e áreas florestais, tendo também um peso significativo na aproximação a áreas com interesse ambiental e turístico, por haver uma maior afluência de visitantes a áreas onde essas vias permitem essa acessibilidade.

De acordo com os recursos disponíveis, o Serviço Florestal de São Jorge tem diariamente tentado colmatar as necessidades apresentadas, desde janeiro até à atualidade, sendo que realizou, no que toca à Conservação e Limpeza, 63.964 metros; à Regularização, 33.963 metros; à Macadamização, 4.730 metros; à Pavimentação, 39 metros; a Remendagens, 10.780 metros e à Desobstrução 10 metros, num total de 113.486 metros.

António Ventura enfatizou o trabalho que tem sido efetuado em termos de gestão sustentável dos recursos cinegéticos, através do ordenamento, monitorização e gestão da população das espécies cinegéticas. O acompanhamento das espécies cinegéticas tem sido realizado através dos censos às diferentes espécies, como o coelho bravo, a galinhola, a narceja e a codorniz.

O Serviço Florestal de São Jorge já procedeu à convocatória dos diferentes parceiros para uma reunião referente à proposta de calendário venatório para a época de 2022/2023, que ocorrerá no próximo dia 15 de junho, às 15h00, na sede deste Serviço Florestal.

Assim, o Secretário Regional da Agricultura e do Desenvolvimento Rural assegura o cumprimento da lei de Proteção dos Arvoredos, sendo realizados licenciamentos e fiscalizações das operações de corte de arvoredo, onde se realizam vistorias técnicas de forma a dar resposta mediante determinados critérios, que asseguram o equilíbrio ecológico, hidrológico, conservação do solo e declives, assim como, o fomento florestal, através da produção de plantas em viveiro com vista à florestação e também na cedência de plantio a particular e privados.

GRA/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.