LOCAL

SÃO JORGE | 33ª Semana Cultural Das Velas homenageia Gentes da Terra ligadas ao setor da pesca

402views

Decorre até ao próximo domingo, dia 10 de Julho, a 33ª Semana Cultural das Velas, naquela que é a primeira grande Festa de Verão das Ilhas do Triângulo (São Jorge, Pico e Faial).

Após um interregno de dois anos, provocado pela pandemia Covid-19, a edição deste ano tem como destaques no seu cartaz, Fernando Daniel, Blaya, Syro, Dillaz, One Vision (Tributo aos Queen) e o Grupo Jorgense Tributo.

Numa organização da Associação Cultural das Velas em parceria com o Município de Velas, a 33ª Semana Cultural tem como tema “A Pesca”, contando, uma vez mais, com um amplo programa, que procurou ser diversificado, trazendo nomes da música nacional, mas dando em simultâneo valor ao que é da Nossa Terra.

O Presidente do Município, Luís Silveira, destaca o regresso deste grande festival de verão, sendo um importante contributo para o desenvolvimento da economia local, uma vez que nesta época há uma maior circulação de pessoas entre ilhas, e o cartaz cultural funciona quase como um roteiro turístico que abrange todas as faixas etárias, especialmente nas ilhas do Grupo Central, e em particular no Triângulo.

Neste sentido, Luís Silveira realça o importante contributo do reforço das ligações aéreas e marítimas à Ilha de São Jorge.

Por outro lado, o Autarca destacou o facto da Semana Cultural decorrer num espaço completamente reabilitado, com os concertos a acontecerem num palco recentemente inaugurado, o “Palco dos Pescadores”, numa clara homenagem às Gentes da Nossa Terra, ligada ao Sector das Pescas, muitos que já partiram que deram o seu contributo à Nossa Economia Local, por via da pesca e por isso a edição deste ano da Semana Cultural ter esse mote.

Entrega de Medalhas de Prata do Município

No âmbito da sessão de abertura da 33ª Semana Cultural das Velas, a qual tem como tema “A Pesca”, numa clara homenagem às Gentes da Nossa Terra ligadas ao Setor das Pescas, o Município entregou três Medalhas de Prata a outras tantas personalidades que do mar fizeram o seu modo de vida e/ou sustento.

Luis Manuel Soares, nasceu na Vila das Velas a 09 de Abril de 1943. Criado nas Velas em casa do Tio “João Casaca”. Ainda jovem, com 14 anos, descalço e com 2 cestos às costas, começou a vender peixe que o seu pai apanhava. Já com 28 anos vendia o peixe na sua mota e por vezes o pagamento era feito com bens alimentares e não com dinheiro, como diz o próprio.

Esteve ligado à baleação durante 1 ano, como remador, sendo o trancador o Senhor Eurico, e a lancha baleeira que os acompanhava Maria Manuela. Trabalhou ainda 3 anos nas traineiras à albacora, nas embarcações Mari Sousa e Senhora do Rosário.

Hoje com 79 anos contempla o mar, o qual durante muitos anos foi também o seu sustento, mas mais do que isso, são as histórias que guarda, os amigos, e a lembrança em todos nós do Sr. Luis na sua mota de caixa.

José Luciano Coquete, foi outro dos homenageados. Nasceu na Vila das Velas a 07 de Janeiro de 1939. Filho de uma família numerosa, o mar passou a ser desde muito cedo a fonte de rendimento e sustento da sua casa. O “Josezinho”, como era conhecido, começou nas lides da pesca com a tenra idade de 7 anos. Este era um tempo de muita carestia e em que o mar era a fonte de rendimento e sustento de muitas famílias velenses.

Depois de regressar da tropa, dedicou-se por poucos anos à baleação com o seu pai e com o seu tio trancador Amaro Carvalho. Não sendo aquilo que mais gostava de fazer, a Safra ao Atum passou a ser aquilo que futuramente ocupou por mais anos a sua vida profissional.

Atualmente com 83 anos dedica-se somente à sua família, aquela que ocupou desde sempre na sua vida um lugar cimeiro.

Raul António Góis recebeu igualmente a Medalha de Prata do Município. Nasceu na Vila das Velas a 11 de novembro de 1945. Com 17 anos começou a trabalhar para o Sr. António Henrique nos batelões que faziam a carga e descarga dos navios, estando mais tarde na caça à baleia como remador, tendo tirado a carta de arpoador de cetáceos em março de 1970, e que hoje tão orgulhosamente ainda conserva.
Trabalhou no comércio do pescado através da compra e venda do mesmo.

Diz com nostalgia que foram muitos anos passados no mar e o que o seu último barco foi o “Lino”.

Hoje com 77 anos, relembra cada uma das muitas histórias que tem para contar.

Descerrar da Placa Toponímica – Homenagem à Professora Isaura Carvalho

O primeiro dia da 33ª Semana Cultural das velas ficou marcado igualmente pelo descerramento da Placa Toponímica de Homenagem à Professora Isaura Carvalho, junto ao “Palco dos Pescadores”, passando o local a designar-se Largo Professora Isaura Carvalho.

O Presidente do Município destacou o papel importante que a Professora Isaura teve, nomeadamente como sendo a grande impulsionadora da realização das Semanas Culturais nas Velas.

Luis Silveira considera que foi um contributo decisivo para que hoje este seja um dos principais festivais de verão que se realizam nos Açores.

Restante Programa da 33ª Semana Cultural das Velas

O primeiro dia do festival contou com a sessão de abertura oficial, o lançamento do Livro “O Véu da Ilha” do Professor Jorge Silveira, a abertura da exposição “Mestre João Alberto – No Reino dos Barcos” e da Expo Açores Artesanato, assim como do Desfile de Filarmónicas, tendo subido ao “Palco dos Pescadores” Fernando Daniel. Na Tenda Eletrónica estiveram os Dj’s Rui Z e Hugo Paiva.

Esta quinta-feira, dia 07, a manhã foi de atividades infantis e atividades de mar. Pelas 20h00 destaque para a abertura do Quiosque do Triângulo e do Desfile e Atuações dos Grupos de Folclore. Mais para o final da noite sobe ao “Palco dos Pescadores” Augusto Canário. Já na tenda Eletrónica estará o Dj Rod Ávila.

Para sexta-feira, dia 08, está agendado o Torneio de Futebol de Praia, atividades marítimas e lançamento do livro “Clemente e Mariana – O Sonho Americano” e “Victor Santos – Alma Terceirense” de Victor Santos. A Tuna Masculina da Universidade dos Açores “Tunídeos” irá animar o início da noite, subindo mais tarde ao “Palco dos Pescadores” Syro e Dillaz. Na Tenda Eletrónica destaque para o Dj Pete Tha Zouk e Dj Ervilha.

Já no sábado, dia 09, tem lugar o tradicional Mercado Municipal, com showcooking e degustação de sushi, Torneio de Volei de Praia, Torneio de Veteranos em Futebol, Tourada de Praça e a chegada da Regata de Veleiros Horta-Velas-Horta. Ao início da noite terá lugar o desfile de Carros Alegóricos e de Marchas Populares. No “Palco dos Pescadores” estará o Grupo Jorgense Tributo e Blaya. Na Tenda Eletrónica Anos 2000 e Dj Rafamix encerram a noite.

No último dia da 33ª Semana Cultural das Velas, dia 10, tem lugar o Torneio de Basquetebol 3×3, a partida da Regata Horta-Velas-Horta e uma Cãominhada, com a participação de animais do Centro de Recolha Oficial de São Jorge. Depois da Tourada à Corda no Cais das Velas, e já ao final da tarde, terá lugar uma Demonstração de Judo e a entrega de Troféus no âmbito das várias atividades do programa. Lugar ainda para as Cantigas ao Desafio e atuação da Banda Jorgense Memory Box, assim como, já no “Palco dos Pescadores”, os One Vision – Tributo aos Queen. A Tenda Eletrónica encerra com os Dj’s Rudy Neves e Phill Jay Z.

CMV/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o editor da Rádio Ilhéu.