AGENDA

Rua Direita: Artista desafia visitantes a criarem histórias com base em fotografias antigas

453views

No âmbito do projeto cultural Rua Direita, a acontecer em Angra até 16 de julho, a cineasta açoriana Laura Brasil apresenta, na Expert, a instalação “Câmara Clara: A Relação Emocional entre a Memória e a Imaginação”. A artista convida o público a participar neste projeto artístico através da criação de novas histórias sobre fotografias antigas. 

Inspirada pelo livro “A Câmara Clara”, de Roland Barthes, a instalação de Laura Brasil utiliza fotografias de família, muitas delas, curiosamente, tiradas em estúdios da Rua Direita, ou trazidas em pequenos cartuchos e reveladas nas câmaras escuras dessas mesmas lojas pelas famílias que ainda hoje as guardam religiosamente. Tal como o livro de Roland Barthes, esta instalação parte da visão e da memória do spectator – aquele que observa – e nunca de um ponto de vista crítico, científico ou artístico.

Nesta instalação, que conta com três ensaios distintos – “Imitações”, “Mãe” e “Haiku: fotografias de família” –, tenta-se criar uma relação interativa entre o sujeito fotografado e o visitante da exposição, para que uma ideia de Campo Cego possa surgir, ou seja, o desejo profundo de captar as coisas invisíveis presentes na fotografia. As nossas, enquanto sujeitos que observam, as do fotógrafo ou as do objeto fotografado, o fantasma parado no tempo.

Em “Imitações”, Laura Brasil solicitou a várias pessoas que fizessem um registo áudio, numa espécie de exercício de improviso, em que contam uma história com base no retrato antigo de alguém desconhecido. As fotografias apresentadas resultam de um trabalho de recolha levado a cabo pela artista nos últimos meses. Laura propõe, agora, que os visitantes possam, também eles, participar ativamente no projeto, através da criação de áudios com novas histórias, que serão adicionados às fotografias patentes ao público na loja Expert. Para isso, os visitantes da instalação têm apenas de enviar os ficheiros áudio para o e-mail imitacoes.ruadireita@gmail.com

Relativamente ao trabalho “Haiku: fotografias de família”, Laura Brasil desafia, também,  os visitantes a construírem, juntos, um álbum de haikus fotográficos. Para tal, foi criada uma conta no instagram, @haikuphotoalbum (instagram.com/haikuphotoalbum) para onde os interessados podem enviar as suas imagens, que serão, depois, partilhadas.

A instalação “Câmara Clara: A Relação Emocional entre a Memória e a Imaginação”, que funciona em contínuo, acontece no âmbito do projeto cultural Rua Direita. Durante os primeiros três dias, o evento contou com cerca de 1.300 espectadores. A edição deste ano continua, nos próximos dias 14, 15 e 16 de julho, com espetáculos e intervenções artísticas de curta duração em vários estabelecimentos e locais públicos da rua que lhe dá nome.

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o editor da Rádio Ilhéu.