ÚLTIMAS

REGIÃO | Vasco Cordeiro: Governo do PS vai apostar na fixação e valorização dos profissionais de Saúde nos Açores

216views

Vasco Cordeiro adiantou, este sábado, que o Governo Regional do PS que resultar das eleições do próximo dia 4 de fevereiro, irá “reforçar o processo de fixação e valorização dos profissionais de Saúde”, de forma a garantir melhor acessibilidade aos cuidados de saúde.

O candidato a Presidente do Governo Regional falava após reunir com a Direção do Sindicato Independente dos Médicos, em Ponta Delgada.

Vasco Cordeiro considera que “deve ser feito um levantamento das necessidades de recursos humanos do Serviço Regional de Saúde (SRS) a 10-15 anos”, de forma a “poder definir a política de valorização remuneratória, de atratividade e de incentivos à fixação no conjunto de profissões de Saúde em que a Região é mais deficitária”.

Vasco Cordeiro salientou a importância do Serviço Regional de Saúde “continuar a ter recursos humanos, médicos, enfermeiros, técnicos de diagnóstico e terapêutica, entre outros”, que lhe deem “sustentabilidade no futuro”.

O Presidente do PS/Açores lembrou que a vigência do último Plano Regional de Saúde terminou em 2020 e defendeu a “necessidade de um novo Plano Regional de Saúde, devidamente calendarizado, com objetivos definidos” que permita “monitorizar a evolução da prestação de cuidados de Saúde na Região, avaliar a concretização dos objetivos e melhorar os cuidados de saúde aos Açorianos”.

Vasco Cordeiro defendeu, também, que a iniciativa ‘Hospital Digital’ é um “contributo importante para a melhoria da qualidade de cuidados de Saúde em todo o Serviço Regional de Saúde”, sobretudo “nas ilhas que não têm hospital”.

O socialista salientou que o Serviço Regional de Saúde tem “mais de 40 anos” e deve ser “revisitado à luz daquelas que são novas exigências, da sua própria organização, dos novos desafios que a Região tem”.

Vasco Cordeiro abordou também a dívida do SRS, salientando que a setembro de 2023, a dívida dos três hospitais da Região a fornecedores ascendia a 150 milhões de euros”, realçando que este é um processo que “tem que ser encarado” porque se assume “como condição de sustentabilidade do SRS”.

Vasco Cordeiro reconheceu que a fixação de médicos é “um desafio que o Serviço Regional de Saúde”, que é uma matéria que “deve ser prioritária”, mas defendeu que “não se deve entrar no leilão das percentagens”.

“Para além desta questão da fixação de médicos, há um desafio em termos de recursos humanos e profissões ligadas ao Serviço Regional de Saúde no seu todo. Nós precisamos ter uma visão a médio e longo prazo de quais os profissionais que o SRS necessita para incentivar, captar e conseguir atrair esses profissionais para a Região e conseguir fixá-los cá”, frisou o candidato do PS a Presidente do Governo Regional, Vasco Cordeiro.

As eleições Regionais decorrem no próximo dia 4 de fevereiro.

PS/AÇORES/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.