ÚLTIMAS

REGIÃO | “Resultados do Grupo SATA são motivo de preocupação, mais do que de satisfação” – Vasco Cordeiro

614views

O Presidente do PS/Açores, Vasco Cordeiro, considerou hoje que, “ao contrário do que pretende fazer crer o Governo Regional, infelizmente os resultados do Grupo SATA constituem mais um motivo de preocupação do que um motivo de satisfação”, salientou face aos resultados recentemente tornados públicos relativos ao primeiro semestre deste ano.

“Há três anos, e com cada vez maior insistência daí para cá, este Governo apregoa-se como o salvador da SATA. Hoje, quase três anos depois, aquilo que os números revelam é uma realidade bem diferente e mais grave do que aquilo que a propaganda governamental quer, desesperadamente, fazer crer: desde que este Governo Regional tomou posse, a média de prejuízos anuais da Azores Airlines, se não tivermos em conta a manobra contabilística dos impostos diferidos,  aumentou mais de 50%, passando para cerca de 50 milhões de euros de média anual; a dívida a fornecedores mantém-se na casa dos 20 milhões de euros, e, só no primeiro semestre de 2023, os prejuízos já vão em mais de 20 milhões de euros. Para se ter uma ideia mais precisa do que estamos a falar, talvez fique mais claro se repararmos que, desde 1 de janeiro deste ano, o prejuízo da Azores Airlines foi de cerca de 114 mil euros por dia, incluindo domingos e feriados”, salientou Vasco Cordeiro.

“Por outro lado, se olharmos para a situação da SATA Air Açores, o que vemos é uma vertiginosa degradação da sua situação: Nos primeiros seis meses deste ano, a Air Açores teve cerca de 11,5 milhões de euros de prejuízo. Esse é o pior resultado da companhia no primeiro semestre de um ano, desde 2013.  Mais uma vez, talvez fique mais claro aquilo de que estamos a falar se dissermos que isso significa que, desde o dia 1 de janeiro, a cada vinte e quatro horas, a SATA Air Açores teve um prejuízo superior a 63 mil euros. O que estes números demonstram é que este Governo Regional não só não está a salvar a Azores Airlines como está também a enterrar a SATA Air Açores”, salientou o líder socialista.

As duas principais companhias do Grupo SATA tiveram um prejuízo conjunto, nos anos 2021 e 2022, de cerca de 94 milhões de euros e, nos primeiros seis meses deste ano, a soma dos seus prejuízos ascende a cerca de 32 milhões de euros.

Mas, segundo Vasco Cordeiro, este tema dos resultados do Grupo SATA coloca uma outra questão que se prende com a falta de transparência do Governo Regional quanto ao cumprimento das metas que estão previstas no plano de reestruturação, proposto pelo Governo Regional e aprovado pela Comissão Europeia.

“Um assunto que tem passado despercebido é a conformidade ou a desconformidade destes resultados da Azores Airlines com o plano de restruturação proposto pelo Governo Regional e aprovado pela Comissão Europeia. O Governo Regional recusou-se, até agora, a divulgar a versão integral desse plano e seria essa divulgação que permitiria aferir se os resultados estão ou não estão em linha com o previsto. Mais uma vez, este Governo Regional diz uma coisa e faz outra: apregoa transparência, mas esconde o plano de reestruturação da Azores Airlines”, concluiu Vasco Cordeiro.

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.