ÚLTIMAS

REGIÃO | PS. “Famílias Açorianas precisam de apoio”

544views

Vasco Cordeiro defendeu, esta quinta-feira, a necessidade de se reforçar as medidas de apoio destinadas às famílias da classe média, para ajudar a fazer face ao aumento das taxas de juro do crédito à habitação.

Segundo o líder socialista, e no âmbito do programa CreditHab, “apenas cerca de 170 famílias” foram apoiadas em cerca de 140 mil euros, quando o Governo Regional do PSD/CDS-PP/PPM, com o apoio do CH e IL, “apregoou um milhão de euros para esta medida no presente ano”.

“Há aqui, claramente, alguma coisa que não está a funcionar e as famílias Açorianas precisam que funcione e que este apoio alivie as dificuldades do momento presente”, reforçou o Presidente do PS/Açores, para defender o prolongamento do apoio ao pagamento de empréstimos à habitação (CreditHab), “dos seis meses atuais, para um ano”.

O PS/Açores apresentou, ainda recentemente, propostas direcionadas às famílias, nomeadamente às que têm filhos a estudar no ensino superior ou profissional, fora da sua ilha de residência ou no Continente, propondo um apoio de 40% do custo com habitação dos estudantes. Das medidas avançadas, o PS/Açores propôs ainda a aplicação de um desconto de 25% no preço das refeições escolares, no ano letivo de 2023/2024, medida incluída na devolução aos Açorianos dos mais de 77 milhões de euros arrecadados em impostos, em 2021 e 2022, para além daquilo que o Governo Regional esperava arrecadar.

Mas, para Vasco Cordeiro, que falava no âmbito da audição do Governo aos partidos, sobre as antepropostas de Plano e Orçamento da Região para 2024, é ainda com preocupação que o PS/Açores analisa um conjunto de indicadores sociais que, na Região, têm vindo a piorar.

“Em 2022, após o período em que o indicador da taxa de pobreza e de exclusão social melhorou, os Açores voltam a ser a região do país com a maior taxa, com um valor superior a 30%. No caso da privação material severa, após um período em que melhorou, volta outra vez a ser a região do país com o valor mais elevado. A taxa de abandono escolar precoce volta a crescer para valores superiores a 26%”, frisou o socialista, para lamentar a postura de alheamento do Governo Regional, face a indicadores que deveriam preocupar.

Para o Presidente do PS/Açores e líder parlamentar do PS na Assembleia Regional, é ainda motivo de preocupação que fruto das opções do Governo Regional do PSD/CDS-PP/PPM, com o apoio do CH e IL, a Região esteja confrontada com a falta de recursos humanos.

“Falta pessoal na saúde, nas escolas, na limpeza, por exemplo, das ribeiras, mas, neste aspeto, é preciso não esquecer que quem retirou os recursos humanos às Juntas de Freguesia foi o próprio Governo”, referiu Vasco Cordeiro, para lamentar que ainda ontem, devido à falta de pessoal, “a Escola da Madalena do Pico tenha decidido fechar, alternadamente, algumas das suas respostas”.

“O Governo Regional deve ter em atenção estes aspetos porque há algo nas opções tomadas que não está a funcionar e que está a causar prejuízo em relação às pessoas”, alertou o Presidente do PS/Açores, Vasco Cordeiro.

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.