ÚLTIMAS

REGIÃO | Governos do PS foram “travão” a melhores condições de apoio à Habitação

383views

O deputado do PSD/Açores Luís Raposo considerou esta manhã que os governos socialistas “travaram”, durante vários anos, “a melhoria de condições de apoio à Habitação, especialmente à Habitação jovem, um setor essencial para a fixação de população e o aumento da natalidade”.
 
Falando durante a discussão do Plano e Orçamento para 2024, o parlamentar lembrou que a Coligação PSD/CDS/PPM “teve avanços históricos a esse nível”, desvalorizando as críticas da oposição, porquanto, “este Governo investiu 45 milhões de euros em três anos, acrescidos dos apoios do PRR, enquanto em 8 anos do PS foram investidos 15 milhões de euros anuais, pelo que não se entendem as críticas formuladas”
 
No âmbito do setor da Habitação, “este Governo já apoiou 9400 famílias, mais 400 famílias do que os governos PS nas duas últimas legislaturas. É mais do triplo, e mostra bem o empenho demonstrado em apenas três anos de ação governativa”, afirmou Luís Raposo.
 
Também a execução regional, nos apoios à Habitação para os mais jovens, “de 28,8%, esteve bem acima dos 14,2% da média nacional”, lembrou, sublinhando “as dificuldades que, nos 50 anos da Liberdade, os netos de Abril estão a sentir no acesso à Habitação, devido à ausência, durante 24 anos, de políticas públicas no setor pelos filhos de Abril socialistas”.
 
O social-democrata recordou algumas das propostas “que o PS chumbou em novembro, e que estão agora novamente patentes na proposta de Orçamento para 2024”, como “apoios com majoração alargada para os agregados monoparentais no Programa ‘Casa Habitada’, com cuidadores informais e com três ou mais dependentes; ou a redefinição do conceito de jovem casal, com aumento da idade de um dos elementos até 37 anos”.
 
“O PS votou contra tudo isso, assim como ao alargamento da elegibilidade dos candidatos, em função do número de elementos do agregado familiar no ‘Casa Renovada, Casa Habitada’”, referiu.
 
O deputado do PSD/Açores sublinhou que o acesso à Habitação “é também uma política de fomento à natalidade, de garantia de emancipação dos jovens, permitindo-os constituir e fixar famílias”.
 
“Construir, reabilitar e investir nesse setor tem sido uma prioridade do Governo da Coligação, face às quais, e na ausência de propostas concretas e de querer fazer parte da solução, o PS apenas apresenta críticas e mais críticas”, acrescentou.
 
Sobre as propostas em discussão esta semana, Luís Raposo disse serem “documentos com visão, ambição e estabilidade política para os mais jovens, respondendo aos anseios das novas gerações”.
 
“Com este Governo, os jovens estão no centro das decisões, havendo um reforço de mais de um milhão de euros para as políticas de juventude, visando a capacitação dos mais novos e flexibilizando um conjunto de ações, o que as sucessivas governações socialistas foram incapazes de fazer”, concluiu.

PSD/AÇORES/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.