REGIONAL

REGIÃO | Atualidade. Governo quer fomentar o aumento da área de produção frutícola nos Açores

© Governo dos Açores | Fotos: JF
214views

O Secretário Regional da Agricultura e do Desenvolvimento Rural, António Ventura, pretende fomentar a produção de produtos frutícolas nos Açores e ver aumentad, a sua área de produção, que ascende já a cerca de 900 hectares.

Numa visita realizada na quarta-feira ao Centro Experimental da Lagoa Seca, nas Furnas, o Secretário Regional destacou “o programa de manutenção e de multiplicação de espécies fruticulturas locais” que está a ser desenvolvido por aquela entidade.

Segundo António Ventura, “o intuito da visita”, ao Centro Experimental da Lagoa Seca, foi o de “divulgar o programa de manutenção, que tem como objetivo, apoiar novos produtores e produtores atuais”, quer através do apoio de material vegetativo quer na assistência técnica, às produções.

Existem na região, segundo o governante, “algumas centenas de produtores frutícolas”, que produzem “cerca de 12.000 toneladas de fruta, através de uma área de cerca de 900 hectares” e o objetivo é “aumentar consideravelmente a área de produção”, através de apoios que “estarão disponíveis, no próximo quadro comunitário de apoio”, com o intuito de “produzir mais fruta e, de preferência, fruta local”.

O Secretário Regional aproveitou o momento para lembrar que, “decorre até 12 de agosto, o apoio à aquisição de sementes de milho e sorgo”, que tem uma dupla intenção, a de “recentrar a alimentação animal e humana”, de forma progressiva, “nos recursos endógenos”, por um lado, e “combater a inflação dos fatores de produção”, por outro.

“Com este apoio”, reforçou Ventura, “haverá um aumento de cerca de 250 hectares, de área de milho, relativamente a 2021”, o que significa, um aumento da energia local para alimentação animal e humana.

Esta foi uma “reivindicação da Federação Agrícola dos Açores, a que o Governo Regional está sensível e de acordo”, relativamente aos objetivos estratégicos, sublinhou.

Ventura lembrou também que “decorrem, até 30 de setembro, as candidaturas, no âmbito do PRORURAL +, na área de fruticultura” e o objetivo do Governo Regional é ver aumentado o número de novos produtores, na região, para que possam expandir a sua área de produção. “Uma área que, nos últimos anos foi perdendo importância”, lamentou, mas “o objetivo deste Governo é mudar esta tendência”.

GRA/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o editor da Rádio Ilhéu.