ÚLTIMAS

PICO | Fátima Madruga recebe MiratecArts Prémio Atlante na abertura do festival ‘AnimaPIX’

624views

Desde scrimshaw a pintura, gravura a ilustração e livros de contos ilustrados, Fátima Madruga tem surpreendido os seus seguidores durante cinco décadas de arte.

“Uma mulher, uma artista e uma amiga, que tem, desde o primeiro dia da nossa associação, colaborado de uma forma ou doutra” explica o diretor artístico da MiratecArts, Terry Costa, no evento de abertura do festival AnimaPIX. “Fátima Madruga é MiratecArts, é Pico, é Açores, não interessa onde está no mundo. É com muita gratidão e satisfação, que a comemorar os seus 50 anos de arte, tenho o prazer de atribuir MiratecArts Prémio Atlante a esta grande mulher, um prémio que é um símbolo de persistência e de ousadia no mundo das artes.”

Nasceu na freguesia de Santa Luzia, em 1955. De 1973 a 1991, o seu foco foi na gravação em marfim; a partir de 1991 dedicou-se mais à pintura; e, desde 2019, à escrita com ilustração.

Edgardo Xavier, da Associação Internacional de Críticos de Arte descreveu a artista desta forma: “Fátima Madruga diz-nos o mundo com escala humana e descreve-o; diz-nos de um outro que é invisível, que entra pelo terreno dos sonhos e é surreal; diz-nos de si como ser sensível, terno, pleno de humanismo, de amor à obra que deseja perfeita dentro dos seus padrões de exigência e de verdade. Muitas vezes levamos em nós a Ilha para outros destinos e somos a voz da montanha, o negro das pedras ígneas, o verde macio, os azuis que vestem e mudam a água e o céu, o infinito que nos toma, nos reduz e exalta, que nos ensina a ser ilhéu sem ficar estrangeiro onde se esteja.”

MiratecArts Prémio Atlante é atribuído pela associação cultural, com sede na ilha do Pico-Açores, pelo corpo de trabalho de um artista que segue as suas paixões, sem medo de ser diferente. O Prémio Atlante significa persistência e ousadia no mundo das artes e é da responsabilidade do diretor artístico da MiratecArts, sem data específica de atribuição ou qualquer candidatura da parte dos artistas. Assim, Fátima Madruga junta-se à lista de ilustres recipientes do MiratecArts Prémio Atlante, que inclui o dramaturgo e encenador Christopher Hampton, o músico e compositor Luís Alberto Bettencourt, o cineasta João Pedro Rodrigues, as gêmeas do artesanato açoriano Alzira e Conceição Neves, o escritor Urbano Bettencourt, o multidisciplinar performer da voz inconfundível Zeca Medeiros e a ilustradora e cineasta Regina Pessoa.

AnimaPIX, o festival de animação na ilha do Pico, continua até 7 de dezembro, com atividades, livros e filmes “para a criança em todes nós”, na Biblioteca Auditório da Madalena.

MIRATECARTS/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.